• 6 de dezembro de 2021

AGORA VAI! | PL anuncia filiação de Bolsonaro para o dia 30 de novembro

Após uma tarde de reuniões no Palácio do Planalto, na terça-feira (23), o presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, informou à imprensa que foi agendada uma nova data para receber Jair Bolsonaro na legenda. A filiação poderá ocorrer no dia 30 de novembro. Ele esteve reunido com o presidente da República e também com a ministra da Secretaria de Governo, deputada Flávia Arruda (DF), que é filiada ao partido.

A primeira data anunciada para filiar Jair Bolsonaro ao PL era dia 22 de novembro, mas o presidente alegou que faltavam alguns detalhes e acertos em relação a alguns diretórios estaduais, em específico, o de São Paulo. A legenda é aliada do governo João Doria e o comando estadual já avisou a Valdemar que não quer perder as indicações e composições políticas que estão em andamento. Mas, diante da informação revelada por Valdemar Costa Neto, o impasse deve estar solucionado.

Leia também  Assembleia Nacional quer evitar mais um mandato de Maduro na Venezuela

Nos bastidores do Planalto e do Congresso, o tititi é que o presidente Bolsonaro não tem para onde correr a não ser filiar-se a um partido do Centrão. Muitos parlamentares comentam que se não for o PL de Valdemar, vai ter que ser ou o PP de Ciro Nogueira, seu ministro da Casa Civil, ou o Republicanos, que é comandado pela Igreja Universal e outras congregações evangélicas.

A ida de Bolsonaro para o PL pode consolidar um desejo de Valdemar Costa Neto: aumentar a quantidade de deputados e senadores na legenda e, por consequência das regras, aumentar o fundo partidário.

Situação do PL no DF

Caso se concretize a filiação do presidente ao PL, o partido pode estar de saída da base do governo do emedebista Ibaneis Rocha. Na verdade, na Câmara Legislativa não muda nada. Os distritais do PL, Agaciel Maia e Daniel Donizet, possuem composições políticas com o governador e não vão querer trocar o certo pelo duvidoso.

Leia também  Izalci ganha o apoio do PSC e DC e segue firme como pré-candidato ao governo do DF

Já a deputada Flávia Arruda, que até então tem um aliança firmada com Ibaneis Rocha para 2022 e comanda a legenda no DF sob os olhos do marido, o ex-governador José Roberto Arruda, pode vir a romper com o emedebista para se lançar candidata ao GDF com o argumento de que o presidente vai precisar de um palanque por aqui  Já se vê por aí arrudistas fazendo campanha para a ministra, inclusive de forma desrespeitosa nos eventos de Ibaneis com direito a foto de integrantes do GDF segurando foto da parlamentar.

Leia também  REFORMA MINISTERIAL | Em um dia, Jair Bolsonaro promove dança das cadeiras em seis pastas

Se os Arrudas decidirem mesmo avançar o sinal, o governador deve passar o rodo nos seus indicados que trabalham no governo. Ibaneis Rocha vem monitorando todas as movimentações do casal e está esticando a corda. O atual governador do DF tem um estilo diferente de agir nessas situações. Já o modus operandi da deputada e seu esposo tende a ser o mesmo das articulações anteriores. Portanto, é possível que se chegue ao embate nas urnas ou não entre Ibaneis e Flávia.

Em síntese, a ida de Jair Bolsonaro ao PL vai influenciar também nas articulações e futuras alianças da capital federal. A menos de um ano das eleições, os bastidores já estão fervendo no Distrito Federal.

Foto:  Reprodução/Google Imagens

José Fernando Vilela

É jornalista com especialização em Marketing Político e Eleitoral. É editor-chefe e colunista do Expressão Brasiliense. É o atual presidente da ABBP - Associação Brasileira de Portais de Notícias. Já trabalhou em diversos órgãos governamentais como a SES/DF, Sec. de Habitação do DF, Codhab/DF, entre outros. Assessorou parlamentares na CLDF, Câmara dos Deputados, Senado, além de partidos políticos.

Read Previous

AGÊNCIAS DO TRABALHADOR | Confira os empregos oferecidos para mais de 420 vagas disponíveis desta quarta (24)

Read Next

CRIME NO RIO MADEIRA | MPF pede a saída imediata de garimpeiros que estão extraindo ouro do rio e seus afluentes