• 28 de janeiro de 2022

EFEITO DA PANDEMIA | Crise econômica deixa 3 milhões de desempregados no Brasil nos últimos meses

Desde o início da pandemia da covid-19, milhares de brasileiros perderam seus empregos. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Covid-19) divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a crise econômica causada pela pandemia já deixou 3,1 milhões de trabalhadores sem emprego.

Veja também

MENOR VALOR DESDE JANEIRO | Dólar cai e fecha a semana sendo vendido a R$ 5,22

O aumento da taxa de desemprego se perpetuou, batendo um novo recorde no Brasil, por conta das necessárias medidas ao combate do coronavírus, onde empresários se viram obrigados a descontinuar seu negócio por não se adaptarem às atuais necessidades que a pandemia impõe. Logo, milhares de colaboradores foram demitidos.

Leia também  VEM AÍ O PIX | Novo meio de pagamento desafia redes de cartões, maquininhas e grandes bancos

Por isso, mediante a nova perspectiva econômica do Brasil, muitos funcionários de carteira assinada que dependiam da CLT e até mesmo trabalhadores autônomos precisaram se reinventar para terem seu sustento assegurado e se desfazerem da insegurança.

Segundo a OMT (Organização Mundial do Trabalho), a conquista de um novo emprego, a demissão em massa e a instabilidade no valor dos salários têm gerado um grande impacto nas pessoas. Nesse contexto, as pessoas têm buscado novas oportunidades de trabalho, como a revenda de alguns produtos.

Revendas

Nesse mercado em específico, a revenda de maquiagens, perfumes, sapatos e outros artigos perdeu destaque durante a quarentena. Essa queda de produtos como maquiagem, por exemplo, deve-se principalmente ao distanciamento social, onde as pessoas não sentem a constante necessidade de se maquiar, já que muitas delas estão tendo seu dia a dia em casa, sem festas e ocasiões especiais.

Leia também  TÚNEL DE TAGUATINGA | Obras avançam em ritmo acelerado

Segundo uma pesquisa apresentada pela empresa de pesquisa de mercado Euromonitor Internacional, seria uma estimativa de dois bilhões de reais perdidos de 2019 para 2020 com a queda na compra de batons.

No entanto, artigos como lingeries confortáveis ganharam espaço no mercado, por proporcionarem um dia de trabalho em home office prazeroso e confortável.

Leia também  NOVA REGRA | Governo quer reduzir valor do seguro-desemprego

De acordo com dados do Google Trends, a busca no Brasil pela palavra-chave “revenda de lingerie” aumentou em 2020. Por isso, a lingerie para revenda se tornou um potencial investimento durante a pandemia.

Tendo esses fatores em vista, trabalhar com revenda de lingerie, principalmente neste contexto, pode ser uma forma estratégica onde o lucro é rápido e não seja exigido muito conhecimento na área. Outro ponto positivo em trabalhar com revenda é a facilidade de comprar e revender pela internet, contando com fornecedores especializados em lojas de lingerie online.

Expressão Brasiliense

Read Previous

PRIMEIRA ETAPA | Sinaliza Goiás chega a 16 cidades do Entorno do DF

Read Next

FISCALIZAÇÃO EM 15 CIDADES DO DF | Detran flagra 92 condutores alcoolizados durante operação no domingo (9)