INOVAÇÃO | Presidente do BRB anuncia mudanças no cartão do passe livre e o início da atuação como banco digital para este ano

Desde que assumiu o sistema de bilhetagem automática (SBA) do transporte público do Distrito Federal, o Banco de Brasília (BRB) vem trabalhando para oferecer um serviço de qualidade para os usuários. Na última sexta-feira (10), o Jornal de Brasília publicou uma entrevista com o presidente do banco, Paulo Henrique Costa, em que ele anuncia mudanças no cartão do passe livre para este ano.

O objetivo do BRB é aproveitar o uso do cartão para fazer com que esse tipo de público também passe a ser cliente do banco. A estratégia é simples. Esse mesmo cartão que será recarregado com créditos para usar no transporte público poderá ser recarregado também, por meio de uma conta pré-paga,  para usar se utilizado como cartão de débito e crédito. 

Os bancos digitais já operam dessa forma: o cliente adere a proposta de conta pré-paga, abastece o cartão e faz uso dele como cartão de debito ou crédito. Como o BRB está mirando expandir a sua atuação nesse mercado, que será chamado de BRB Pay, o cartão do passe livre já passar a ser um dos instrumentos da instituição para entrar nesse segmento. A propagada reinvenção do BRB está indo de vento em popa. 

No final de dezembro, o Expressão Brasiliense participou de uma coletiva com o presidente Paulo Henrique Costa e ele revelou que 2020 seria o ano da consolidação do reposicionamento do BRB no mercado financeiro e também seria o início da modernização digital do banco. A atual diretoria está realmente mostrando a que veio e reinventando o banco. 

Por José Fernando Vilela 

*É vedada a reprodução deste material sem prévia autorização.

expressaobrasiliense

Read Previous

DIVERSÃO | “Farrinha no Quintal” recebe o Grupo 7 na Roda no próximo domingo (12/01) no Clube de golfe

Read Next

O FINO DA POLÍTICA | Os bastidores da política brasileira

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.