DESENVOLVIMENTO | Reaproximação do BRB com o setor produtivo é o principal propulsor do aquecimento da economia no DF

O Distrito Federal deve encerrar o ano com um crescimento de 2%, acima até da previsão para o Brasil que é de 1%. Na última sexta-feira (20), o pernambucano Paulo Henrique Costa, presidente do Banco de Brasília S.A., fez um balanço do ano e anunciou uma série de ações do banco para 2020 para o Expressão Brasiliense e blogueiros da ABBP.

Ao apresentar os números de 2019, Paulo Henrique revelou que o ano que se encerra terá o maior lucro da história do banco.

“Tivemos o grande desafio de recuperar a imagem do banco, reaproximar a instituição do setor produtivo e dos cidadãos, e mostrar para a população que o BRB é um patrimônio do Distrito Federal”, enfatizou o executivo.

Paulo Henrique Costa apontou que o banco está se preparando para expandir a sua atuação no Distrito Federal e também a nível nacional. Só no DF, em 2020, serão inauguradas 15 agências e nos estados o BRB pretende abrir escritórios e correspondentes. 

O dirigente fez uma retrospectiva do ano enumerando as principais conquistas da instituição como a transformação em banco de desenvolvimento regional, manter-se como um banco público afastando os rumores de privatização, aperfeiçoamento das linhas de créditos, valorização dos funcionários, realização de concursos públicos, novos produtos e serviços, entre outros.

Quanto a reaproximação com o setor produtivo e empresarial, Paulo Henrique disse que “foi extremamente importante voltar a ouvir as demandas deles. Assim, nós conseguimos realinhar os nossos serviços e produtos atendendo o setor produtivo e os empresários”. 

O presidente do banco reforçou que entre os objetivos traçados para recolocar o BRB no mercado era mostrar aos clientes e usuários que a instituição poderia ser a principal parceira no financiamento da casa ou imóvel próprio, na concessão de capital de giro e na quitação de dívidas pendentes. “Esse obtivemos grandes resultados porque valorizamos e incentivamos os funcionários do banco a ir conversar com os clientes, buscar entender de que forma poderíamos ajudar, seja nas finanças pessoais ou de seus negócios. Olha, tem muita história de pessoas que não sabiam dessa capacidade do BRB atender sua necessidade. Essa é uma das principais razões para o crescimento do nosso banco”, explicou Paulo Henrique Costa.

Para 2020, o BRB está preparando mais uma série de ações que prometem contribuir ainda mais para crescimento da economia do Distrito Federal. O executivo previu que tanto a instituição financeira como a capital federal seguirão nessa curva de ascendência.

“Vamos continuar trabalhando para gerar mais resultados para o DF e já estamos preparando mais produtos e serviços para melhorar ainda mais o nossa atuação”, declarou Paulo Henrique.

Assista ao novo vídeo promocional do BRB:

Da Redação do Expressão Brasiliense 

É vedada a reprodução deste material sem prévia autorização.

expressaobrasiliense

Read Previous

DE GRAÇA | Cine Brasília exibe filmes sobre o drama das migrações

Read Next

DE NOVO | Defesa de Lula recorre contra decisão do TRF-4 na ação do sítio de Atibaia

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.