• 14 de junho de 2024

Rodrigo Maia quer porque quer manter auxílio-mudança de reeleitos

Parece que as promessas de mudanças ficaram para trás após o início dos trabalhos na Câmara dos Deputados. A Justiça determinou que nem senadores e nem deputados reeleitos recebam o auxílio-mudança. O benefício é concedido a parlamentares no início e fim de mandato. O valor do auxílio é de R$ 33,7 mil.

Como 298 parlamentares foram reeleitos, estima-se que o Senado e a Câmara terão que arcar com cerca de R$ 20 milhões para custear as prováveis mudanças das Excelências de Brasília para Brasília. Até quando os parlamentares vão continuar nos enganando?

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ) está recorrendo da decisão da Justiça para que os deputados recebam o benefício. Nos bastidores, o disse me disse é de que seria promessa de campanha para garantir votos para sua reeleição.

Da Redação

Foto: Google Imagens

Expressão Brasiliense

Read Previous

Brasília sob a mira do PCC

Read Next

Nova diretoria da ABBP quer combater as fake news e garantir melhorias para blogueiros