• 19 de julho de 2024

NOVA FUNÇÃO NA CLDF | Rogério Morro da Cruz foi escolhido para ser o líder da maioria dos distritais durante o 2º semestre

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) vai estar de recesso no mês de julho, mas, antes da parada do meio do ano, os distritais resolveram deixar encaminhado quem será o líder da maioria no retorno aos trabalhos em agosto e escolheram o deputado Rogério Morro da Cruz, que está sem partido, para exercer a função.

Estreante na CLDF, Rogerinho, como o parlamentar também é conhecido, tem se mostrado um distrital ativo. O deputado está sempre presente nas sessões do plenário e é solícito quando algum colega lhe pede apoio para um projeto.

Na nova função, Rogério Morro da Cruz terá a árdua missão de defender os interesses dos parlamentares, já que o trabalho de líder da maioria é bem diferente que o de líder do governo. 

Na atual legislatura, o líder da maioria fala em nome dos parlamentares da base governista. Quem ocupa o cargo tem que ser um deputado que tenha afinidade com seus colegas e saiba exercer a função sem contrariar interesses. 

De acordo com o regimento interno da CLDF, o líder tem prerrogativas especiais como fazer uso da palavra no comunicado de líderes, participar da reunião do colégio de líderes e encaminhar a posição da bancada durante as votações em plenário. Em algumas situações, principalmente na ausência do líder do governo, o líder é quem direciona o voto dos colegas durante o processo de votação.

Foto: Reprodução/Google Imagens

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook. 

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

REAJUSTE DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DO DF | Lula assina PLN que concede recomposição salarial para policiais civis, PMs e bombeiros

Read Next

CONTROLE DE QUALIDADE | Lacen-DF monitora alimentos e água para evitar surtos e infecções comunitárias