Depois de tantas supostas falcatruas no Ministério do Trabalho, PTB de Roberto Jefferson devolve pasta para Temer

Como a Polícia Federal não deu trégua, o PTB decidiu comunicar ao presidente Temer (MDB) que estava devolvendo o comando do Ministério do Trabalho. O presidente nacional do partido, Roberto Jefferson foi quem informou por meio de nota sobre a decisão, nesta quinta-feira (05), após o ministro do Trabalho, Helton Yomura, ser afastado do cargo pelo STF a pedido da PF e da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Roberto Jefferson, responsável pela indicação de Yomura, se eximiu de qualquer participação no esquema de fraudes em registros sindicais ocorridos durante a gestão do PTB no Ministério do Trabalho. Com isso, a pasta está sem comando já que o último a ocupar o cargo de secretário executivo foi preso há um mês em outra fase da mesma operação.

A ação de hoje é a 3ª fase da Operação Registro Espúrio. O deputado federal, Nelson Marquezelli (PTB-SP) teve seu gabinete revistado pela PF pela manhã. Nessa fase foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária em Brasília e no Rio de Janeiro.

Da Redação

Foto: Google Imagens

expressaobrasiliense

Read Previous

Debates da próxima semana dão o pontapé inicial na campanha para governador do DF

Read Next

O Fino da Política – Partido de Alírio Neto envolvido em fraudes no Ministério do Trabalho

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.