• 18 de janeiro de 2021

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO | BRB e Fibra firmam acordo para facilitar o acesso ao crédito e impulsionar a economia do DF

O BRB firmou termo de cooperação com a Fibra (Federação das Indústrias do Distrito Federal) para oferecer acesso ao crédito e condições diferenciadas a todas empresas que compõem a base da entidade: um universo de 10 sindicatos industriais que juntos representam 4,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do DF. A medida tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento industrial.

O acordo, assinado ontem (8) à noite, prevê uma série de benefícios como taxas de financiamento diferenciadas, a partir de 1,03%, prazo de até 120 meses e carência de até um ano para pagamento da primeira parcela; taxa capital de giro a 0,92%; 100% de desconto na primeira anuidade do cartão empresarial; taxas de 1,08% para antecipação de contrato, além de facilidades para as empresas que optarem por trazer a folha de pagamento para o BRB.

Leia também  MENOR TAXA DO MERCADO | BRB lidera concessão de crédito imobiliário no DF no 1º trimestre deste ano

As condições especiais também estarão disponíveis para os trabalhadores industriais filiados aos sindicatos da Fibra, que vão ter à disposição 10 dias sem juros no cheque especial; financiamento imobiliário com taxas a partir de 7,50% a.a.; seguro residencial a partir de R$ 19,90, entre outros benefícios.

“O BRB trabalha para ser protagonista do desenvolvimento econômico, social e humano do Distrito Federal. Reconhecemos a importância da Fibra dentro desse contexto e, por isso, elaboramos uma proposta de valor para atender às empresas e também a todos os trabalhadores da base da Fibra”, afirmou o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

O presidente da Fibra, Jamal Jorge Bittar, elogiou a iniciativa do BRB em oferecer condições competitivas aos filiados da entidade. “O BRB se dispôs a ouvir e entender a realidade dos sindicatos e auxiliar com as soluções negociais”, disse.

Leia também  PREVISÃO DE PAULO GUEDES | Rombo nas contas do governo em 2020 pode chegar a R$ 800 bi

(Com informações da Ascom/BRB)

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

CEB Distribuição inaugura guichê no Na Hora em Brazlândia

Read Next

Aos sábados, W3 Sul será apenas para lazer e comércio