• 16 de maio de 2021

VACINAÇÃO EM GOIÁS | Caiado anuncia que professores vão ser imunizados contra a Covid-19 até o fim de maio

O governador Ronaldo Caiado anunciou, nesta segunda-feira (26/4), que os professores serão a próxima categoria profissional a ser imunizada contra a Covid-19. “Antes do final do mês de maio vocês já vão entrar na vacinação, para voltar a ter uma vida normal nas escolas no segundo semestre”, declara.

Veja também

VALPARAÍSO DE GOIÁS | Em reunião com o Detran-GO, Pábio Mossoró pede melhorias na sinalização e organização do trânsito da cidade

O anúncio foi feito em Goianira, ao assinar ordem de serviço para a construção da quadra de esportes do Colégio Estadual José Rodrigues Naves. “Daqui uns dias, todo mundo na sala de aula”, projetou Caiado. Com o avanço da imunização de idosos, é possível contemplar novos grupos prioritários, conforme determinação do Ministério da Saúde e as diretrizes previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI). Trabalhadores da saúde, servidores da segurança pública e de salvamento, bem como forças armadas também foram contemplados.

Leia também  ANO LETIVO 2021 | Prazo para matrículas na rede estadual de ensino de Goiás termina no dia 9 de janeiro

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), até o último sábado (24/04), foram aplicadas 797.339 vacinas contra a Covid-19 referentes à primeira a dose. Já em relação à segunda dose, foram imunizadas 303.277 pessoas.

Goiás recebeu 1.665.280 doses de imunizantes, sendo 1.208.080 da CoronaVac e 457.200 da AstraZeneca. Conforme pactuado na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), as Secretarias Municipais de Saúde devem registrar, de forma obrigatória, as informações sobre as vacinas administradas no módulo Covid-19 do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI Covid-19).

Leia também  EM TRÊS MESES | Governo Caiado reforma 15 rodovias estaduais em todas as regiões de Goiás

Na madrugada do último dia 23, o Governo de Goiás recebeu 107,4 mil doses de vacinas contra a Covid-19, o que permitiu avançar na cobertura vacinal de idosos. O 14º lote enviado pelo Ministério da Saúde (MS) contém 86 mil unidades da AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e 21,4 mil da CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan. Das 107,4 mil vacinas recebidas, 86.055 são para a primeira dose e o restante para segunda dose.

Leia também  DESENVOLVIMENTO | Amcham Brasília promove Fórum DF 2030 em outubro

(Secom-GO)

Foto: Divulgação/Secom-GO

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

AGASALHO SOLIDÁRIO | GDF dá início a campanha de arrecadação de doações para ajudar quem mais precisa

Read Next

CPI DA COVID | Omar Aziz é eleito presidente e Renan Calheiros é confirmado como relator