• 19 de abril de 2021

AO RECEBER A 1ª DOSE | Caiado diz que se sentirá realizado quando “puder assistir os 7,2 milhões de goianos sendo vacinados”

O governador Ronaldo Caiado recebeu, nesta terça-feira (23), a primeira dose da CoronaVac contra Covid-19. Com 71 anos, Caiado, que faz parte do grupo prioritário, foi imunizado pela enfermeira Tulyanne Alves da Silva, coordenadora técnica do Centro Municipal de Vacinação. “Eu vou me sentir realizado na hora em que puder assistir os 7,2 milhões de goianos sendo vacinados”, declarou, na Área I da Pontifícia Universidade Católica (PUC Goiás). A convocação para pessoas nessa faixa etária foi anunciada ontem (22) pela Prefeitura de Goiânia.

Veja também

LOCKDOWN NO ENTORNO | Prefeitos de seis cidades goianas próximas ao DF anunciam medidas restritivas a partir desta segunda (22)

Caiado também fez um apelo para que as pessoas acreditem na ciência e que confiem na vacina como medida eficaz para combater a Covid-19. “Não tem outro remédio para tratar de vírus que não seja a vacina”, ressaltou. “As pessoas que resistirem contaminarão outras, além terem complicações, podendo evoluir a óbito”, acrescentou.

Leia também  NOVO RECORDE | Mais de 2,5 mil empresas foram abertas em Goiás no mês de agosto

O governador informou que as articulações em busca de alternativas para ampliar ainda mais a oferta de vacinas em Goiás e no Brasil prosseguem. Segundo ele, nesta quarta-feira (24/03), será realizada uma reunião, em Brasília, com o presidente Jair Bolsonaro, com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, além do Tribunal de Contas da União (TCU) e outros governadores para tratar do assunto. “Esperamos que haja um esforço conjunto de toda sociedade para levarmos aos americanos e aos chineses a necessidade que voltem os olhos também para o Brasil”, disse Caiado, que vai representar os governadores do Centro-Oeste no encontro.

Vacinação em Goiás

A ampliação da faixa etária de vacinação foi viabilizada com a chegada de mais imunizantes. No último sábado (20/03), o Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Imunização (PNI), encaminhou 129,1 mil novas doses para o Estado. Desse total, Goiânia recebeu 43.600 vacinas. “Todas as doses que recebemos, nós enviamos de forma rápida e organizada para as 18 Regionais para que estas realizem a distribuição para os 246 municípios goianos”, explicou o secretário de Saúde do Estado de Goiás, Ismael Alexandrino.

Leia também  LUZIÂNIA | Alunos e professores do IFG produzem álcool 70% para distribuir à população carente

Com mais esse carregamento, Goiás acumula 847.780 doses de vacinas recebidas contra Covid-19. São 715,2 mil da CoronaVac e 132,5 mil da AstraZeneca. Segundo o secretário, graças ao início da produção do imunizante pela Fiocruz, foi possível avançar com o cronograma de vacinação no Estado. “Essa (remessa de vacinas), o ministério pediu para que nós distribuíssemos a sua integralidade e não guardássemos a metade para a segunda dose”, disse.

O titular da Saúde em Goiás também pediu aos prefeitos para que tenham sensibilidade e façam a adesão ao decreto estadual que prevê medidas mais rígidas para combater a disseminação do vírus. “Estamos com as nossas UTIs [Unidades de Terapia Intensiva] absolutamente lotadas e não para de chegar paciente na porta”, alegou. Para a população, Ismael também garantiu que a “vacina é algo absolutamente seguro, eficaz. É o que vai nos tirar desta pandemia que temos enfrentado em 2020 e 2021”, afirmou.

Leia também  GESTÃO DE SUCESSO | Distritais confirmam apoio a Rafael Prudente que é reeleito com 21 votos

Reforço em Goiânia

Para atender ao público prioritário da nova faixa etária em Goiânia, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou que as equipes nos nove locais de vacinação foram reforçadas e o horário estendido, das 8h às 18h. Outra alteração é que a Área I da PUC Goiás também atenderá pedestres. Para tomar a vacina, a SMS informa que o idoso precisa apresentar cópias do RG, CPF e do comprovante de residência na capital.

O secretário municipal de Saúde, Durval Ferreira Fonseca Pedroso, anunciou que a partir desta semana, o público prioritário para receber a vacinação poderá fazer o agendamento por meio de um aplicativo da prefeitura. “É importante que as pessoas entendam a necessidade da segurança de evitar as aglomerações para não se exporem durante a vacinação”, disse.

(Secom-GO)

Foto: Wesley Costa/Secom-GO

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

MAIS UM | Conselho de Ética da Câmara aprova abertura do terceiro processo contra Daniel Silveira

Read Next

VALPARAÍSO DE GOIÁS | Servidores da Prefeitura, guardas municipais e PMs trabalham em conjunto para garantir cumprimento das medidas restritivas