• 26 de junho de 2022

ELEIÇÕES 2022 | Ibaneis Rocha consolida liderança na corrida ao GDF e chances de vencer no 1º turno crescem com o atual cenário

As recentes pesquisas divulgadas sobre o cenário eleitoral para o GDF apontam que o atual governador do DF, Ibaneis Rocha, do MDB, está consolidado como líder nas intenções de votos do eleitorado brasiliense.

O emedebista está na frente até mesmo do casal Arruda. Diante das movimentações de bastidores, uma instituição importante do setor produtivo encomendou uma sondagem junto ao eleitor simulando confrontos já no primeiro turno entre Ibaneis e o ex-governador José Roberto Arruda, do PL, e também entre Ibaneis Rocha e Flávia Arruda, que preside o partido do marido no DF.

Em ambos os cenários, ainda contando com a participação de Reguffe, do União Brasil, Leila Barros, do PDT, Izalci Lucas, do PSDB, Rafael Parente, do PSB, Leandro Grass, do PV, Paula Belmonte, do Cidadania, Keka Bagno, do Psol, e Lucas Salles, do DC, Ibaneis Rocha está na frente, inclusive, com o dobro de pontos tanto em relação a Arruda quanto a deputada Flávia.

O levantamento foi realizado apenas para consumo interno da instituição e os dados coletados não podem ser divulgados. Mas, quem teve acesso a pesquisa, assim como o Expressão Brasiliense, pode constatar que Ibaneis tem tudo para vencer o pleito já no primeiro turno. Se os Arrudas não entrarem na disputa, o governador está praticamente reeleito.

A sondagem também aponta que a rejeição ao casal Arruda está alta, até mesmo acima do governador, o que sinaliza que num eventual confronto direto entre os Arrudas e Ibaneis, em caso de segundo turno, o emedebista vence.

Um detalhe relevante da pesquisa é que as entrevistas foram realizadas em 28 cidades do DF considerando o peso eleitoral de cada uma delas.

Flávia Arruda lidera disputa para o Senado

A organização do setor produtivo também encomendou sondagem para o Senado. Em todos os cenários, Flávia Arruda lidera com uma boa vantagem sobre os seus principais oponentes: o senador Reguffe, a ex-ministra Damares, do Republicanos, o empresário Paulo Octávio, do PSD, a deputada Paula Belmonte e Rosilene Corrêa, do PT.

Se a ex-ministra Flávia Arruda romper o acordo que tem com Ibaneis Rocha, não tem para ninguém. Já pode comprar o terninho para a posse. Caso decida confrontá-lo, ela e seu grupo correm o risco de perder o espaço que reconquistaram depois de anos de turbulência em decorrência da Caixa de Pandora.

Como esse cenário aferido pelo levantamento tende a se manter, é melhor segurar o bom acordo que tem nas mãos do que se aventurar a perder tudo e ficar quatro anos à deriva.

O jogo está sendo jogado, meus caros leitores.

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

José Fernando Vilela

É jornalista com especialização em Marketing Político e Eleitoral. É editor-chefe e colunista do Expressão Brasiliense. É o atual presidente da ABBP - Associação Brasileira de Portais de Notícias. Já trabalhou em diversos órgãos governamentais como a SES/DF, Sec. de Habitação do DF, Codhab/DF, entre outros. Assessorou parlamentares na CLDF, Câmara dos Deputados, Senado, além de partidos políticos.

Read Previous

AGÊNCIAS DO TRABALHADOR | Confira as vagas de emprego para esta segunda (20) no DF

Read Next

SHOW HISTÓRICO | Festival Sesc + Rap com Emicida e artistas da cidade empolgou o público no último sábado (18)