• 23 de março de 2019

Faixa invertida na EPTG começa na próxima segunda-feira

Os motoristas que circulam pela EPTG, a partir da próxima segunda-feira (18), poderão circular pela faixa exclusiva para ônibus. O governo do Distrito Federal (GDF) prevê que a medida irá diminuir o tempo de viagem e fará com que o trânsito tenha mais fluidez.
A inversão da faixa ocorrerá somente em dias úteis, das 6h às 9h e das 17h30 às 19h45. Fora dos horários permitidos, quem trafegar pela via será multado.
Segundo o governo, cerca de 120 mil veículos circulam diariamente pela EPTG. O uso da faixa reversa tem caráter experimental e retornará ao normal assim que as empresas adquirirem os ônibus com portas em ambos os lados.
“Já estava previsto no edital de licitação que as empresas são obrigadas a disponibilizar os equipamentos necessários para a operação das vias conforme foram planejadas. A intenção é que no prazo de um ano [os ônibus] sejam adquiridos e possam funcionar da forma que foi planejada a EPTG”, explica Valter Casimiro, secretário de Mobilidade Urbano
COMO FICA
● Das 6h às 9h – a faixa será reversa no sentido Taguatinga/Plano Piloto (onde o fluxo é intenso. Apenas as linhas de ônibus com destino ao Plano Piloto trafegarão na faixa exclusiva, no sentido reverso.
● Das 17h30 às 19h45 – a faixa será reversa no sentido Plano Piloto/Taguatinga. Apenas as linhas de ônibus com origem no Plano Piloto trafegarão na faixa exclusiva, no sentido reverso.
● No horário de pico, todos os carros poderão utilizar a faixa exclusiva no sentido do fluxo
● Fora do horário de pico, apenas as linhas semiexpressas, transporte escolar, táxis, ambulâncias, carros oficiais e outros autorizados pelo poder público é que poderão utilizar a faixa exclusiva.
● No horário entrepico, as linhas de ônibus, com exceção das linhas semiexpressas, voltam a trafegar nas marginais. – ou seja, as linhas que utilizaram a faixa reversa no horário de pico voltam para a via marginal.
● Já as linhas de ônibus que trafegam pela EPTG e que possuem destino intermediário – Águas Claras, Vicente Pires, Guará e outros destinos – continuam trafegando nas marginais.
Da Redação com informações adaptadas da Agência Brasília
Foto: Google Imagens

expressaobrasiliense

Read Previous

Em dois meses, CAP aprova 138 projetos de construção civil

Read Next

Ibaneis apresenta Brasília em Portugal

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-136505599-1');