• 25 de junho de 2022

Segurança: o calcanhar de Aquiles de Rollemberg

Parece que a área da segurança deixará cicatrizes profundas no governo Rollemberg. Após o vazamento de um novo áudio do diretor-geral da Polícia Civil do DF, Eric Seba, as polícias civil e militar passarão a ter um relacionamento conturbado. De um lado, os militares foram chamados de “vigias de cone”. Os civis de “balconistas”.

Além de Rollemberg, o prejuízo maior ficará para a população. O atendimento por parte das duas instituições está cada vez pior. Se ligar para o 190 e chamar a PM, o tempo de atendimento de uma ocorrência ultrapassa 30 minutos. Se for numa delegacia registrar um BO, reze para não ser horário de troca de plantão ou encontrá-la fechada.

As duas instituições já foram referência no passado. Hoje estão se autodestruindo. É uma pena.

Foto: Google Imagens

Expressão Brasiliense

Read Previous

Senador Hélio José segue firme com a pretensão de se eleger deputado federal

Read Next

Aneel informa que em fevereiro a bandeira de cobrança será verde