• 26 de junho de 2022

O FINO DA POLÍTICA | Disputa no DF pela única vaga ao Senado movimenta os bastidores

Disputa no DF pela única vaga ao Senado movimenta os bastidores

Para aqueles que pensavam que a corrida ao Senado no DF já estava definida, a pesquisa encomendada pelo portal Metrópoles ao Instituto Ideia, registrada no TSE sob os números DF-09593/2022 e BR-04114/2022, chacoalhou o tabuleiro no decorrer da semana. Segundo dados do levantamento, a disputa está empatada entre Flávia Arruda, do PL, pré-candidata oficial do governo; Reguffe, do União Brasil, que ainda não se decidiu qual cargo vai concorrer; Érika Kokay, do PT, que vai tentar se reeleger para deputada federal; e a ex-ministra Damares Alves, do Republicanos, que tentar tirar a deputada Flávia Arruda da jogada e se tornar a candidata de Ibaneis e Bolsonaro.

Flávia colada em Ibaneis

Foto: Renato Alves/Ag. Brasília

Mesmo a pesquisa do Ideia/Metrópoles indicando que a deputada Flávia Arruda está liderando as intenções de votos, a ex-ministra tem tratado de colar a sua imagem com a do governador Ibaneis Rocha, do MDB. No decorrer da semana, Flávia participou de eventos importantes ao lado do emedebista como a feira AgroBrasília e no workshop do programa capacitação profissional Qualifica DF. Flávia Arruda e Ibaneis Rocha vêm fazendo demonstrações públicas que estão em completa sintonia.

Damares passeando em Israel

Foto: Reprodução/Twitter

a ex-ministra Damares Alves, que chegou causando discórdia, resolveu passear em Israel junto com um grupo de evangélicos da capital da federal. A atitude da pastora Damares deixou muita gente com um pé atrás com a ex-ministra, já que estamos no período de pré-campanha e ela praticamente resolveu fazer o tal turismo religioso. Como ela posta tudo que faz nas redes sociais, vale lembrar que o leitor vê essas coisas e reforça o discurso de seus oponentes de que Damares Alves não tem compromisso com o Distrito Federal. Damares já se encontra em solo brasiliense circulando com os parceiros do Republicanos, mas já deixou a má impressão.

PO comendo pelas beiradas

Foto: Reprodução/Instagram

Sem ser citado na pesquisa, o ex-vice-governador Paulo Octávio, do PSD, continua trabalhando seu nome nos bastidores. PO sempre teve seguidores fieis em todas as eleições e, com certeza, neste ano não será diferente. Tem gente que aposta que ele está fazendo isso para tentar ficar com a vaga de vice na chapa de Ibaneis, porém, o empresário já avisou que está disposto a lançar candidatura avulsa ao Senado caso o TSE autorize. Ou seja, PO pode surgir como grande surpresa e não adianta suprimir seu nome nas pesquisas.

Magela é querido pela militância e preterido pelos dirigentes do PT-DF

Foto: Reprodução/Instagram

Com dificuldades para emplacar sua pré-candidatura ao GDF, o petista Geraldo Magela resolveu se lançar ao Senado. Magela tentou se eleger senador em 2014, mas perdeu para o então deputado Reguffe. O ex-deputado e ex-secretário de Habitação tem dito pela cidade que o cenário neste ano é bem diferente e que ele enxerga a possibilidade de se eleger com o apoio do ‘companheiro’ Lula. Geraldo Magela tem a seu favor a militância e a simpatia da cúpula do PT nacional, no entanto, ele enfrenta resistência do diretório do PT-DF.

Rosilene continua sendo usada

Foto: Reprodução/Instagram

Depois de travar uma disputa com Magela pela indicação para ser a pré-candidata do PT ao GDF, a sindicalista Rosilene Corrêa anunciou que também é pré-candidata a senadora. A diretora do Sinpro-DF tem todo o direito de concorrer ao que ela quiser, no entanto, está nítido que está sendo usada pela cúpula do PT-DF para barrar as pretensões políticas do seu oponente partidário. Se Rosilene quer tanto assim um cargo político, ela deveria concorrer para distrital. Estaria eleita por sinal, só ela que não enxerga isso. No entanto, como parece que a professora não é dona do seu destino deve dar com os burros n’água.

Que fique o registro que nem Magela e nem Rosilene estavam entre os nomes listados na pesquisa do Ideia/Metrópoles. Portanto, não se sabe ainda o tamanho deles nessa disputa.

Paula Belmonte é quem manda na chapa

Foto: Reprodução/Google Imagens

Outra pretendente ao Senado que também não foi relacionada na pesquisa do Ideia/Metrópoles é a deputada Paula Belmonte, do Cidadania. A parlamentar lançou recentemente a sua pré-candidatura. Ela foi designada para coordenar as articulações no DF da federação partidária criada pelo PSDB e a sua legenda. Paula vislumbra ser a candidata ao Senado numa eventual chapa composta por Reguffe ou Leila do Vôlei, do PDT. Contudo, ela enfrenta resistência do senador Izalci Lucas, do PSDB, que insiste em querer se candidatar ao GDF, mesmo estando isolado politicamente. Nos bastidores, fontes sustentam que vai ser o casal Belmonte (Paula e Felipe Belmonte) que vão dar as cartas da futura chapa a ser lançada.

Paulo Roque insiste em perder

Foto: Reprodução/Instagram

Citado por uma parcela bem insignificante de eleitores na pesquisa do Ideia/Metrópoles, o advogado Paulo Roque, do Novo, vai concorrer novamente ao Senado em outubro. Apesar de procurar está sempre em evidência, se posicionando politicamente e dando dicas numa emissora de rádio, Paulo Roque não emplaca de jeito nenhum. Vai ver porque está mal assessorado e não consegue enxergar que teria mais chances concorrendo a um cargo proporcional. Pelo visto, vai perder de novo.

Reguffe ainda pode disputar

Foto: Divulgação/Ag. Senado

Apesar de fazer mistério e não anunciar qual o cargo que vai disputar nas eleições deste ano, o senador Reguffe está bem posicionado na pesquisa do Ideia/Metrópoles. Caso ele opte em tentar a reeleição, Reguffe pode acabar levando a disputa e ficar mais oito anos no Senado, o que viabilizaria um cenário ideal para ele em 2026, pois poderá concorrer ao GDF sem correr o risco de ficar sem mandato. O tempo está passando senador. É bom dizer logo ao que veio, se não pode acabar tendo que disputar uma das oito vagas da bancada do DF na Câmara dos Deputados, que é o sonho do presidente do seu atual partido, deputado Luciano Bivar (PE).

Arruda consegue transferir processo dos panetones para a Justiça Eleitoral, mas segue inelegível

Foto: Reprodução/O Globo

Uma das notícias que mais movimentou o meio político no decorrer da semana foi a possibilidade do ex-governador José Roberto Arruda, do PL, voltar a disputar o GDF. A defesa de Arruda conseguiu que o ministro do STF, André Mendonça, que foi colega de sua esposa Flávia na Esplanada dos Ministérios, acatasse o pedido de transferência do processo que investiga a distribuição irregular de panetones para a Justiça Eleitoral. Porém, André não permitiu que os demais casos da Operação Caixa de Pandora, entre os quais o que ele já foi condenado por falsidade ideológica e corrupção de testemunha, e outros onde ele ainda responde como réu pelos supostos crimes de corrupção ativa e passiva, peculato e formação de quadrilha, fossem encaminhados para a Justiça Eleitoral. Portanto, para tristeza dos arrudistas, o ex-governador segue inelegível.

Sandra Faraj ensina a paquerar

Foto: Reprodução/Instagram

A ex-distrital Sandra Faraj, do União Brasil, está disposta a tudo na tentativa de voltar à CLDF. No último sábado (21), Sandra, que é pastora e líder do Ministério da Fé ao lado do irmão, Fadi Faraj, organizou um encontro para solteiros com o intuito de ensinar a arte da paquera. Não é a primeira vez que Sandra realiza esse tipo de encontro. Como estamos no período de pré-campanha a esperta Sandra Faraj já está tentando cativar os solteiros.

Bruna da Agefis ataca de pastora em festa do filho do sertanejo Sorocaba

Foto: Reprodução/Instagram

Desaparecida desde quando se encerrou o trágico governo Rollemberg, a ex-toda-poderosa da Agência de Fiscalização do DF (Agefis), Bruna Pinheiro, deu as caras num evento para lá de badalado no mundo sertanejo. Ela foi uma das convidadas para o aniversário do filho do cantor Sorocaba, que faz dupla com Fernando, com a modelo e ex-miss DF, Biah Rodrigues. A carrasca de milhares de famílias do DF foi quem comandou uma oração para abençoar a vida do pequeno Theo. A dica para os convidados da festa, que teve como atração os palhaços Patati e Patatá, e para o casal é tomar um banho de sal grosso.

Veja abaixo o vídeo:

Paulo Roriz viaja e cúpula do PTB já cogita trocar diretório no DF

Foto: Reprodução/Instagram

O ex-distrital e atual presidente do PTB-DF, Paulo Roriz, decidiu viajar em pleno período de pré-campanha e deixar o partido sem rumo. A legenda já havia sofrido um revés quando o deputado José Gomes, hoje no Progressistas, abandonou o barco em meio as negociações e fechamento das nominatas. A turma de Roberto Jefferson esperava que Paulo Roriz ao menos estivesse a frente das decisões do partido até as eleições, mas pelo visto está se lixando. A sua saída está sendo cogitada lá pelas bandas do Rio de Janeiro, de onde parte as decisões petebistas.

Batista de volta a política

Foto: material cedido ao Expressão Brasiliense

Quem também está querendo voltar para o cenário político é o ex-distrital Batista das Cooperativas. No entanto, esse retorno não é bem ele e sim o seu filho Renato Batista. Essa semana uma foto do ex-parlamentar circulou num grupo de Whatsapp composto por ex-integrantes do gabinete de Batista. Na imagem estava lá Batista ao lado do presidente da CLDF e do MDB-DF, Rafael Prudente, pré-candidato a deputado federal, e o pupilo Renato, que é pré-candidato a distrital pelo Patriota. Tem gente que diz que já está a caminho do Espaço Sorriso, empreendimento do ex-distrital que agora atua no ramo de eventos, localizado no Núcleo Rural Casa Grande. Quem sabe seja o renascimento dos Batistas, já que o nome Renato vem do latim renatus que significa renascido ou nascido de novo.

Lide Brasília homenageia José Aparecido, da Fecomércio-DF, e Jamal Bittar, da Fibra-DF

Foto: Reprodução/Instagram

O encontro promovido pelo grupo empresarial Lide Brasília, que é comandado pelo empresário Paulo Octávio, homenageou os recém-eleitos presidentes José Aparecido, do Sistema Fecomércio, e Jamal Bittar, da Fibra-DF. Os dois são responsáveis por atuar nas relações entre seus setores e o governo. Sucesso para os dois presidentes. Durante o evento, o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, agraciou os homenageados com a camisa do Flamengo.

Frase do Fino

“Quando a cura gay, não funciona, o sujeito se declara bipolar para esconder seus devaneios”, frase enviada por um leitor da coluna que pediu anonimato.

* José Fernando Vilela é jornalista com especialização em Marketing Político e Eleitoral e trabalhou em diversos órgãos públicos (GDF/CLDF/Câmara/Senado) e iniciativa privada. É editor-chefe, analista político e colunista do portal Expressão Brasiliense. É o atual presidente da ABBP – Associação Brasileira de Portais de Notícias.

OBS: O conteúdo da coluna O Fino da Política é de uso exclusivo deste portal. É proibida a sua reprodução total ou parcial para fins jornalísticos, publicitários e quaisquer outras sem a devida autorização.

José Fernando Vilela

É jornalista com especialização em Marketing Político e Eleitoral. É editor-chefe e colunista do Expressão Brasiliense. É o atual presidente da ABBP - Associação Brasileira de Portais de Notícias. Já trabalhou em diversos órgãos governamentais como a SES/DF, Sec. de Habitação do DF, Codhab/DF, entre outros. Assessorou parlamentares na CLDF, Câmara dos Deputados, Senado, além de partidos políticos.

Read Previous

O FRIO CONTINUA | Massa de ar frio diminui a intensidade, mas temperaturas ainda ficam baixas

Read Next

VIADUTO DO RIACHO FUNDO | Obra vai beneficiar 90 mil motoristas que trafegam pela EPNB