• 14 de junho de 2024

O FINO DA POLÍTICA | Corrente de solidariedade para ajudar vítimas das enchentes no RS mobiliza sociedade civil e autoridades do DF

Corrente de solidariedade para ajudar vítimas das enchentes no RS mobiliza sociedade civil e autoridades do DF

Corrente de solidariedade para ajudar vítimas das enchentes no RS mobiliza sociedade civil e autoridades do DF
Foto: Reprodução/Google Imagens

Assim que as primeiras imagens e notícias impactantes sobre as enchentes no Rio Grande do Sul começaram a circular nas redes sociais, nos grupos de aplicativos de conversas e na imprensa do Distrito Federal, a população brasiliense deu início a uma mobilização social grandiosa para ajudar o povo gaúcho. Praticamente, estamos todos envolvidos. Uma grande corrente de solidariedade tomou conta do nosso quadradinho. Graças a Deus já conseguimos enviar toneladas e mais toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul e vamos enviar mais. A sociedade civil e as organizações do setor público e privado do DF estão fazendo um trabalho de arrecadação de doações que é lindo de se ver. Como é bom ver as imagens dos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) partindo da Base Aérea de Brasília rumo ao Sul carregados de doações. Agora sim estamos dando um belo exemplo para as futuras gerações. São gestos como esses de ajuda aos gaúchos que se constrói um País com menos desigualdades sociais. Parabéns aos bombeiros do DF que estão lá nos representando resgatando vítimas dessa tragédia. É importante destacar o grande trabalho de arrecadação que está sendo feito pelo GDF, pela CLDF, pelo CBMDF, pela PMDF e PCDF, pelas organizações sociais como Fecomércio, Sesc, Senac, Rotary Clubes, pelas entidades representativas de classe, pelos comerciantes, pelas igrejas e outras instituições religiosas, entre outras.

Que essa catástrofe que assolou a população gaúcha sirva-nos de lição de que podemos nos unir em prol de ajudar o nosso País e o próximo, independente de ideologia partidária e religiosa. Que não esqueçamos de fazer a nossa parte com o meio ambiente, pois essa é uma tragédia que reforça que as mudanças climáticas ocasionadas pela ação do homem podem trazer consequências que não temos como controlar. A natureza está nos ensinando que podemos e devemos mudar nossos comportamentos e ações, não só com ela, mas com todos, para que tenhamos um futuro melhor e com menos situações chocantes como as da região Sul do Brasil. Um grande detalhe disso tudo, continue sendo solidário com o teu próximo. Essa corrente de solidariedade não pode parar.

Paco Britto defende que fundo partidário de R$ 4,9 bilhões seja usado na reconstrução do RS

Paco Britto defende que fundo partidário de R$ 4,9 bilhões seja usado na reconstrução do RS
Foto: Reprodução/Google Imagens

Em meio a tantas mensagens envolvendo a tragédia no Rio Grande do Sul, eis que surge a proposta de utilizar os recursos do fundo partidário deste ano, estimado em R$ 4,9 bilhões, na reconstrução do estado. O ‘fundão’ é destinado para o custeio das despesas dos partidos políticos. Entre os defensores da proposta está o ex-vice-governador e atual secretário de Relações Internacionais do DF, Paco Britto. Ele tem divulgado o link do abaixo-assinado virtual. Clique aqui se quiser participar. A movimentação de Paco não agradou alguns dirigentes partidários. Teve gente que reclamou. “Tudo bem que ele não queira mais saber de política, agora como um ex-presidente de partido, o Paco deveria lembrar o quão importante são esses recursos para a sobrevivência de uma legenda”, esbravejou um líder partidário a este colunista por meio de mensagem.   

Manoelzinho do Táxi vai ficar no TCDF até o final

Manoelzinho do Táxi vai ficar no TCDF até o final
Foto: Reprodução/Google Imagens

As fofocas e o ti-ti-ti nos bastidores da política brasiliense de que vão surgir uma ou duas vagas de conselheiro do Tribunal de Contas do DF (TCDF), antes do término do segundo mandato do governador Ibaneis Rocha, esfriaram. O conselheiro Manoel de Andrade, também conhecido como Manoelzinho do Táxi, que vinha sendo apontado nos bastidores como o primeiro a deixar o cargo, vai ficar até o final. Fonte próxima ao conselheiro afirmou com todas as letras a este colunista que ele não vai sair. “Quem estiver contando com isso, vai dar com os burros n’água”, garantiu. Segundo a fonte, Manoelzinho só sai em 2027 quando atingir a idade-limite para exercer a função. 

Paulo Tadeu também não sai

Paulo Tadeu também não sai
Foto: Divulgação/TCDF

Outro que vinha sendo apontado para deixar o TCDF era o ex-distrital e ex-federal do PT, o conselheiro Paulo Tadeu. Nas rodas da política brasiliense circulava a informação de que Paulo Tadeu abdicaria do cargo para se candidatar em 2026. Recentemente, o irmão do conselheiro, o distrital Ricardo Vale, do PT, disse numa coletiva de imprensa que “ele não vai se candidatar em 2026 e não tem a intenção de deixar o TCDF”. Paulo Tadeu era o sonho de consumo de alguns petistas do DF que desejavam vê-lo concorrendo ao GDF nas próximas eleições. Quando ele foi para o TCDF, o conselheiro era bem avaliado e benquisto. Não foi à toa que ele conseguiu passar o bastão para o irmão.

Hermeto vai ficar querendo

Hermeto vai ficar querendo
Foto: Divulgação/CLDF

Entre os nomes que circulam nos bastidores de que gostaria de ser indicado para o TCDF está o do distrital Hermeto. Muito se fala que o distrital exerce uma forte influência sob o governador Ibaneis e que isso facilitaria que seu nome fosse encaminhado para a CLDF aprovar. Hermeto nunca deu nenhuma declaração pública sobre o tema. Porém, nos bastidores, muita gente afirmava que o emedebista estava se preparando para exercer a função. A especulação era tanta que surgiram matérias destacando que o distrital tinha perfil para ser conselheiro. Em sua equipe, alguns assessores têm tanta convicção que o chefe vai para o TCDF que começou a falar que “se o Hermeto virar conselheiro, eu me lanço distrital”. Pelo visto, Hermeto não vai para o TCDF. E quem estava armando o bote, se deu mal. Ou não, vai que a pessoa decide bater chapa contra o chefe.

Celina mostra força no Congresso

Celina mostra força no Congresso
Foto: material cedido ao Expressão Brasiliense

A aprovação da nomeação de novos policiais militares e civis para o DF pelo Congresso Nacional durante a semana que passou mostrou que a vice-governadora, Celina Leão, do PP, mesmo não sendo mais deputada federal, ainda exerce uma forte influência entre os deputados e senadores. Celina se reuniu com os parlamentares, na quarta-feira (8), a fim de sensibilizá-los a alterar a Lei Orçamentária Anual de 2024, permitindo ao GDF contratar mais 1,2 mil PMs e 800 policiais civis. E ela conseguiu. O PLN que prevê a liberação de orçamento foi aprovado. A ida da vice-governadora ao Congresso revela que a leoa sabe articular e que cada vez mais ela está preparada e à altura de substituir Ibaneis Rocha a partir de janeiro de 2027. Os adversários que se cuidem, a leoa vai rugir alto em 2026.

Parabéns para todas as mães!

Hoje é um dia especial. Dia de celebrar e exaltar as nossas mães. Que Deus abençoe o lar de cada mãe e que seus filhos e filhas nunca se esqueçam do seu amor, da sua dedicação, do seu carinho e da sua atenção. Parabéns, mamães! Que tenham um domingo de muitas alegrias e comemorações.

* José Fernando Vilela é jornalista com especialização em marketing político e eleitoral. Já trabalhou em diversos órgãos públicos (GDF/CLDF/Câmara/Senado) e iniciativa privada. É editor-chefe, analista político e colunista do Expressão Brasiliense, e é presidente da ABBP – Associação Brasileira de Portais de Notícias – desde 2021. Apresenta o programa Viva a sua Cidade, de segunda a sexta, das 11h às 13h, na rádio Viva FM 101.3.  

OBS: O conteúdo da coluna O Fino da Política é de uso exclusivo deste portal e de outros que foram expressamente autorizados. É proibida a sua reprodução total ou parcial para fins jornalísticos, publicitários e quaisquer outras sem a devida autorização.

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais.

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook. 

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

José Fernando Vilela

José Fernando Vilela é jornalista com especialização em marketing político e eleitoral e trabalhou em diversos órgãos públicos (GDF/CLDF/Câmara/Senado), partidos políticos, parlamentares e iniciativa privada. É editor-chefe, analista político e colunista do portal Expressão Brasiliense. É presidente da ABBP - Associação Brasileira de Portais de Notícias - desde 2021.

Read Previous

RECOMPOSIÇÃO SALARIAL | Com a remuneração dos servidores defasada em 35,75%, SindSaúde-DF convoca assembleia geral para o dia 21 de maio

Read Next

GUARDIÃO RURAL | Mais de 1,3 mil propriedades são atendidas pelo serviço prestado pela PMDF