• 26 de maio de 2024

TRAGÉDIA NO SUL | Número de mortes sobe para 147 e enchentes atingiram 450 municípios gaúchos

O número de mortos no Rio Grande do Sul se manteve em 147 mortos, segundo o novo boletim divulgado pela Defesa Civil às 18h desta segunda-feira, 13. Até o momento, 450 municípios foram afetados pelas inundações causadas pelas fortes chuvas.

De acordo com o levantamento, 127 pessoas seguem desaparecidas. Além disso,  77.405 pessoas estão em abrigos,  538.245  desalojados e 806 feridos.

Nível dos rios

O nível do Rio Guaíba, em Porto Alegre, voltou a bater a marca de 5 metros nesta segunda-feira, 13. A informação é da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestruturas (SEMA) e Agência Nacional de Águas (ANA).

De acordo com projeções da Defesa Civil e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o nível do rio pode chegar a 5,6 metros entre hoje e amanhã e superar o recorde de 5,33, registrado no último dia 6.

O Guaíba recebe as águas de diferentes bacias hidrográficas afetadas pelos temporais, como Taquari e Caí. As autoridades pedem que a população não retorne aos locais já inundados e permaneça em segurança.

Além do Guaíba, a Defesa Civil emitiu alerta apontando que os rios Caí e Taquari, que já estão em cota de inundação, apresentarão elevação significativa de seus níveis até esta segunda-feira, 13.

Entre as cidades em alerta no Vale do Taquari estão Encantado, Lajeado e Roca Sales, onde uma família morreu abraçada durante um deslizamento na última semana.

Já no Vale do Caí, os municípios que podem ser atingidos por novas inundações são Montenegro, São Sebastião do Caí, Feliz, Bom Principio e Nova Petrópolis.

Além dessas cidades, a prefeitura de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, emitiu na tarde deste domingo um alerta solicitando a evacuação de moradores em seis bairros da cidade por risco de alagamento: Rio Branco, Fátima, Mato Grande, Harmonia, Mathias Velho e São Luis.

Mais cedo, a pasta afirmou que o alerta para evacuação do bairro Niterói também está mantido. Isso porque, em virtude das novas chuvas que chegam ao Rio Grande do Sul, a região ainda está sob risco.

Com informações do Agência Estadão Conteúdo

Foto: Reprodução/Google Imagens

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais.

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook.

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram.

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

ATUALIZAÇÃO DE DADOS | Mais de um milhão de usuários do SUS do DF precisam se recadastrar

Read Next

JARDIM BOTÂNICO | Condomínios da região ficarão sem água nesta terça (14) até às 23h59