Sindicatos convocam greve geral contra a reforma da previdência para a próxima sexta-feira (14)

Aqui no DF, algumas categorias já anunciaram que vão aderir à greve geral convocada para a próxima sexta-feira (14) como o Sindicato dos Servidores do Detran/DF – Sindetran. Filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Sindetran divulgou um comunicado, na manhã desta segunda-feira (10), informando que as 16 unidades de atendimento do Detran/DF não irão funcionar no dia 14 de junho.

Segundo o presidente do Sindetran/DF, Fábio Medeiros, a paralização ocorrerá das 6h às 18h nesse dia, pois, além de serem contra a reforma da previdência os servidores da autarquia vão aproveitar para realizar uma assembleia geral na unidade de Taguatinga para debater pautas específicas da categoria.

“A greve será apenas de um dia. Mas estamos avaliando com a categoria outras ações devido as ameaças de privatizações, sucateamento do Detran, falta de efetivo e falta do cumprimento de promessas”, disse Fábio ao Expressão Brasiliense.

Publicidade

O Detran/DF informou, por meio da Assessoria de Comunicação, que não irá se manifestar à respeito da paralisação dos servidores. Nesse dia, apenas serviços de emergência serão atendidos.

O Sindicato dos Bancários do DF convocou para esta segunda-feira a assembleia geral da categoria. O Sindicato dos Professores do DF – Sinpro/DF já anunciou que os professores irão participar da mobilização. Os rodoviários e vigilantes também já sinalizaram que vão cruzar os braços.

Portanto, na sexta-feira não haverá expediente nas escolas, bancos e o transporte público funcionará parcialmente. Vale lembrar que os trabalhadores do metrô já estão em greve.

Veja também

SAÚDE – Hemocentro promove campanha Junho Vermelho para manter estoque de sangue estável

Partidos de oposição ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), como PT, PSol e PCdoB, declararam apoio a paralisação geral na próxima sexta-feira para pressionar o governo.

O texto da reforma da previdência está tramitando na comissão especial da Câmara dos Deputados. O relator da PEC da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), anunciou que apresentará seu parecer na quinta-feira (13) desta semana para ter tempo de discutir os termos da proposta com governadores e líderes partidários.

expressaobrasiliense

Read Previous

Hemocentro promove campanha Junho Vermelho para manter estoque de sangue estável

Read Next

Terça-feira de tensão no STF e no Congresso Nacional

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.