Rachel Sheherazade processa Alexandre Frota após ser comparada a prostituta

Rachel Sheherazade entrou com um processo contra o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), após ter sido comparada com uma prostituta em dois vídeos publicados nas redes sociais do parlamentar. A apresentadora do “SBT Brasil” pede uma indenização no valor de R$ 50 mil por danos morais. Apesar de não se pronunciar sobre o caso, Frota e seus advogados estão ainda dentro do prazo para se apresentarem para a Justiça.

Sheherazade deu entrada na ação em junho deste ano, e na ocasião, pediu para que a mesma corresse em segredo de justiça. Porém, até o momento a solicitação não foi atendida.

Durante a última campanha eleitoral, Frota passou a tecer críticas à contratada do SBT por causa da sua mudança de posicionamento político. Isso aconteceu entre os anos de 2017 e 2018. Nas imagens, o ex-ator acusou a âncora de mudar o seu ponto de vista por ter recebido dinheiro dos seus adversários.

Frota argumentou que Rachel “se prostituiu ao receber dinheiro para mudar de opinião”. Sheherazade, então, prestou queixa e pediu para que o vídeo fosse retirado do ar. A Polícia Civil chegou a intimar Alexandre para prestar depoimento, porém, dias depois de aparecer na delegacia, ele voltou a fazer novos ataques contra o seu desafeto reafirmando os insultos anteriores.

Com informações do RD1

expressaobrasiliense

Read Previous

Os bastidores da política em Brasília

Read Next

Moradora de Planaltina, Maria José está desaparecida desde sábado (7/9)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.