• 6 de dezembro de 2021

NOVO HÁBITO | Pesquisa revela que solicitações de serviços públicos online cresceu mais de 37% no Brasil

Um levantamento da IPM Sistemas, que desenvolve soluções de gestão em nuvem para a área pública, revela que, entre janeiro e julho de 2021, em relação aos resultados do mesmo período de 2020, houve um aumento de 37,84% no número de solicitações de serviços públicos online. No total, 38 milhões de ações do tipo foram registradas em mais de 250 cidades dos estados do Sul, de Minas Gerais e de São Paulo, detalha a companhia.

Alguns dos serviços inclusos no levantamento são a emissão de carnê de IPTU, solicitação de alvarás, pagamento de taxas e visualização de dados da administração pública, além de acompanhamento de demandas sem necessidade deslocamento até instituições como prefeituras e câmaras de vereadores.

Leia também  "VACINA GOIÁS" | Governo Caiado lança plataforma virtual para pré-cadastro e agendamento para vacinação contra Covid-19

Ainda de acordo com a IPM, quando se considera apenas o uso de apps em celulares, a expansão foi de 351,3%. Juliano Carneiro, coordenador de marketing da empresa, defende: “O mobile é uma tendência que veio para ficar também no setor público. Não há como ignorar a praticidade do acesso a grande número de serviços de qualquer lugar, a qualquer hora, a partir de um equipamento que está nas mãos de quase todo brasileiro.”

Leia também  MODERNIZAÇÃO | GDF inicia transformação digital

Desafio para todos

Avisos diversos emitidos por instituições também fazem parte do relatório IPM. A empresa aponta o envio de mais de 5,3 milhões de comunicados via e-mail ou notificações push no intervalo citado, um aumento de 33,8% em relação ao ano passado. “A tecnologia aumenta a velocidade da resolução dos problemas dentro dos órgãos públicos e, ao mesmo tempo, permite que o cidadão acompanhe o que está ocorrendo”, destaca o coordenador.

Leia também  GDF regulamenta decreto que prevê recolhimento de armas

Por fim, Carneiro explica que as informações da pesquisa mostram que este é um desafio a ser encarado por todos os gestores. Somente uma das plataformas da empresa, que foi a primeira desenvolvedora de softwares para gestão pública no Brasil a migrar seus serviços para a nuvem, conta com mais de 100 mil downloads.

(TecMundo)

Foto: Reprodução/Freepik

Expressão Brasiliense

Read Previous

MUDANÇAS NO PIX | Banco Central estipula novas medidas de segurança para coibir sequestros e roubos

Read Next

O FINO DA POLÍTICA | Veado consola Rollemberg