• 22 de julho de 2019

GDF quer tornar Brasília a primeira cidade inteligente do país e da América Latina

O Governo do Distrito Federal quer tornar Brasília a primeira cidade inteligente do Brasil e da América Latina. Priorizando tecnologia, os primeiros seis meses de gestão colecionam investimentos e lançamentos na área. Até domingo (23), a capital recebe a maior Campus Party do País, no Estádio Nacional Mané Garrincha, movimentando a economia local e os sonhos de milhares de apaixonados pela cultura hightech. Nesta sexta-feira (21), a primeira-dama Mayara Noronha visitou a feira.

A primeira-dama do DF, Mayara Noronha visitando a Campus Party. Foto: Divulgação/GDF

“A Campus Party é um mundo à parte”, afirmou a primeira-dama ao chegar à estrutura montada no coração de Brasília. Para ela, a iniciativa pode refletir na empregabilidade: “a gente sabe que é um mercado que só cresce, tem perspectiva de expansão e o mundo clama por inovações”.

Inovação, inclusive, é uma das prioridades apontadas pelo chefe do Executivo Ibaneis Rocha desde o início da gestão. “A obrigação de um gestor público é olhar por sua comunidade. O GDF veio para investir, aprimorar e inovar com apoio integral do governador”, lembrou Mayara. Na feira, ela participou do simulador de asa delta, da oficina para impressões em 3D e visitou a área de camping, além de conhecer o By Ladies, uma comunidade hacker.

Aqui, secretários já andam em carros elétricos, há Wi-Fi Social gratuito em pontos público do Distrito Federal e acesso ao Office 365 da Microsoft para todos os alunos da rede pública. Em breve, os veículos elétricos também serão usados para compartilhamento de viagens.

Assim, a Campus Party se torna instrumento para valorização e imersão, inserindo mais de 10 mil alunos da rede pública ao ambiente hightec, com contato com tecnologias, drone, produção de robôs. São mais de 580 projetos em desenvolvimento na feira.

Sobre a Campus Party

Em sua terceira edição, a Campus Party Brasília 2019 é a segunda maior do mundo. O evento vai até domingo (23) com mais de 350 horas de conteúdo e atividades. A programação nesse período não para: ocorre 24 horas por dia. Segundo a organização, a expectativa é receber cerca de 120 mil pessoas, com 80% das atrações gratuitas.

O espaço aberto ao público, o Open Campus, tem atividades como simuladores de realidade virtual e aumentada, batalhas de drones, e mostra de projetos acadêmicos e startups. No camping, foram montadas as 2 mil barracas que ficarão à disposição dos campuseiros. Na Arena, estão quatro palcos: Feel The Future, Coders, Creativity e Entrepreneurship; e os espaços para workshops IoT, Creators e Startups.

Serviço

Campus Party Brasília – 3ª Edição
Arena: 19 a 23 de junho
Local: Estádio Mané Garrincha
Horários: De quinta até sábado das 10h às 20h – circulação até 21h | Domingo das 10h às 16h – circulação até 17h

expressaobrasiliense

Read Previous

Lei de combate à fraudes do INSS deve gerar economia de R$ 10 bi ao ano, diz Izalci

Read Next

Morre ex-distrital Juarezão na BR-080 entre Brazlândia e Padre Bernardo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.