• 19 de outubro de 2021

QUEDA DE MAIS DE 70% | Média de casos e mortes de Covid diminuem no Brasil em decorrência da vacinação

Da Redação com informação do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde divulgou ontem (15) que o Brasil atingiu a meta de entregar vacinas contra a Covid-19 suficientes para imunizar, com a primeira dose, toda a população adulta acima de 18 anos. O resultado disso é que com cada vez mais brasileiros protegidos, a média móvel de casos e mortes pela doença caiu mais de 70% desde o mês de junho, quando os índices começaram a diminuir.

Em 23 de junho, a média móvel de casos estava em 74,7 mil. Nesta terça-feira (14), o índice chegou 17,3 mil, o que representa queda de 76,7%. Já a média móvel de óbitos era de 1,9 mil em 23 de junho e chegou a 527,4 nesta terça, uma redução de 73%. A média móvel considera os registros dos últimos 14 dias.

Leia também  OUTUBRO ROSA | Taxa de mortalidade do câncer de mama no Brasil está abaixo da média mundial

O avanço da vacinação também reflete nos atendimentos hospitalares. Nesta quarta-feira (15), 22 estados brasileiros registraram índice de ocupação de leitos abaixo de 50%, o que significa que o sistema de saúde está menos sobrecarregado com os casos de Covid-19.

Na esteira de dados positivos, o Ministério da Saúde alcançou a marca de mais de 265 milhões de doses distribuídas aos estados e ao Distrito Federal. A campanha nacional de vacinação já atingiu 88% da população adulta brasileira com a primeira dose, e mais de 75 milhões de pessoas já tomaram as duas doses.

Leia também  COM APOIO DE MICHELLE BOLSONARO | GDF e MCTI iniciam pesquisa de tratamento contra covid em Ceilândia

Nesta quarta, durante solenidade que marcou a conclusão do envio de imunizantes destinados à primeira dose, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, destacou o esforço do governo federal para acabar com o caráter pandêmico da Covid-19 por meio da vacinação. “A saúde é um direito de todos, é um dever do estado, todos sabemos disso. A campanha de vacinação é algo que o Brasil faz como nenhum outro país do mundo”, reforçou.

Leia também  Bancos de leite do DF viram referência para os países do Brics

Foto: Divulgação/Portal Gov.br

Expressão Brasiliense

Read Previous

AINDA SOBRE O 7 DE SETEMBRO | TSE vai investigar se atos políticos foram financiados e se houve campanha antecipada

Read Next

RETOMADA DA ECONOMIA | DF cresce 7,5% em comparação ao 2º trimestre de 2020