O dia 26 de maio será o divisor de águas para o governo Bolsonaro

O próximo domingo, dia 26 de maio, será decisivo para o governo Bolsonaro. Esse dia  pode ser considerado como o verdadeiro termômetro sobre as ações realizadas até aqui pelo governo federal, desde o início da gestão do presidente Jair Bolsonaro (PSL). A convocação para que o povo vá às ruas foi um dos temas mais comentados da semana que passou.

O país ainda está se acostumando com o estilo empregado pelo novo governo. Há uma guerra virtual deflagrada nas redes sociais. Qualquer deslize do próprio presidente ou de seus aliados, ou uma nova prisão ou condenação de alguém ligado ao grupo que estava à frente do governo é motivo para se tornar “meme”.

A manifestação do próximo domingo deixará claro se o povo  está ou não com Bolsonaro. O Distrito Federal será um dos protagonistas, pois se o apoio à gestão atual por aqui diminuir, em relação às mobilizações anteriores, tudo leva a crer que perdeu popularidade. Isso também fará com que os políticos que estão no Congresso não se intimidem com a fraca voz das ruas e sigam aprontando as suas peripécias e falcatruas.

O que está em jogo é também a tal prática do toma lá dá cá. Mobilização fraca em Brasília indica sinal verde para que os políticos possam continuar com suas chantagens e consigam impor seus desejos, principalmente, a ganância por cargos.

Portanto, para os que apoiam o presidente Jair Bolsonaro chegou a hora de mostrar força, senão as velhas raposas vão tomar conta de vez dos três galinheiros: o Executivo, o Legislativo e o Judiciário.

Da Redação

expressaobrasiliense

Read Previous

Campanha de vacinação contra gripe já atingiu 73% do público-alvo no DF

Read Next

GDF cria força-tarefa para combater a dengue

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.