“O maior problema não é o quanto as pessoas ganham é o quanto elas gastam”, afirma investidor

Para Thiago Nigro, autor do Best Seller “Mil ao Milhão: sem cortar o cafezinho” e fundador de “O Primo Rico”, um dos principais canais de finanças do país, é um grande engano acreditar que altos salários ou grandes prêmios garantem sucesso financeiro e enriquecimento. Como exemplo o investidor citou alguns casos emblemáticos de celebridades, ganhadores da loteria ou até atletas que, apesar de receberem grandes quantias, chegaram a decretar falência. “O grande segredo não é o quanto você ganha, é o quanto você gasta. Esse não é um segredo que te enriquece, mas não vai te deixar pobre. Simples assim”, ressalta.

A convite da Câmera Americana de Comércio (Amcham Brasília), Nigro palestrou para mais de 500 pessoas entre executivos, gestores e empresários durante Comitê de Qualificação Profissional realizado pela instituição na última terça-feira, 20/8. O evento teve como tema “Liberdade Financeira e Investimentos Estratégicos” e trouxe um pouco da visão e experiência do investidor que conquistou, aos 26 anos, a tão sonhada liberdade financeira.

Durante o encontro, Nigro ressaltou a importância de criar oportunidades e compartilhou um pouco de sua trajetória no mundo dos investimentos, incluindo erros, acertos e aprendizados. “Ninguém no mercado financeiro me deu uma oportunidade. Ninguém. Mas o que fazer quando ninguém te dá uma oportunidade? Você cria. E foi isso que eu fiz, tomei a decisão de me tornar um assessor de investimentos. Sete anos depois tinha um escritório consolidado com uma equipe de 40 pessoas e quase 5 mil clientes”, relembra.

Ainda de acordo com Thiago, apenas 1% das pessoas conseguem atingir a liberdade financeira após a aposentadoria. A constatação motivou outro tipo de investimento: conteúdo e pesquisa.

“Eu peguei parte do dinheiro que construí, um milhão de reais, e investi em pesquisa. Viajei o mundo, conversei com bilionários, medalhistas olímpicos, filósofos, vencedores do Prêmio Nobel e CEOs. A conclusão é que, em se tratando de dinheiro, todos tinham comportamentos parecidos. Foi aí que entendi que há uma convergência e, em parte, eles atingiram o sucesso por isso”, destaca.

Segundo Thiago, a semelhança no comportamento dessas pessoas pode ser enquadrada em três pilares que levam ao sucesso financeiro: ganhar mais, investir e gastar melhor.

Dicas importantes

A pedido do público, que optou por aprofundar o segundo pilar, o palestrante deu orientações valiosas. Por meio de uma conta simples Thiago explicou qual deve ser a fórmula correta para quem quer investir e ter resultados.

“É comum ouvir o seguinte: pega o que você ganha tira o quanto gasta e o que sobrar invista. Essa fórmula não faz sentido. O que faz sentido é: pega o quanto você ganha, primeiro tire o que for investir e o que sobrar é despesa. Parece banal, mas não é. O grande segredo é não deixar para investir o que sobra de seu orçamento, e sim gastar o que sobra depois de investir”, aponta.

Quando o assunto é gastar melhor a dica é adiar os sonhos para o momento certo. “Toda vez que queremos viver um sonho fora de hora, dá problema. Fazemos 18 anos e já queremos um carro e celular novo, dois anos no primeiro emprego e buscamos uma grande viagem. E com isso vamos parcelando, financiando e pagando juros. Mas o maior preço que você paga quando antecipa um sonho não é a taxa, é o futuro. É possível adiar um pouco esses sonhos e vivê-los de maneira mais real, no momento certo”, esclarece Thiago.

Cenário local

Com o auditório praticamente lotado, fica evidente o entusiasmo dos brasilienses em aprofundar o conhecimento no mercado financeiro, mesmo para aqueles que já são do ramo. Para o investidor, esse é um cenário que tende a ficar cada vez maior e com mais pessoas interessadas.

“Eu vejo que o Brasil, de maneira geral, está em um bom momento quando falamos de investimentos, dinheiro e futuro. As pessoas estão falando e se interessando mais sobre o assunto”, observou o investidor.

expressaobrasiliense

Read Previous

Deputado Delmasso e ex-gestores da Secretaria do Trabalho são condenados pelo TCDF

Read Next

Sexta é dia de Rock Beats no Hidden Brasília

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.