Guaidó convoca venezuelanos para que saíam as ruas neste 1º de maio

Após os protestos violentos em Caracas que deixaram dezenas de feridos, as ruas da capital venezuelana amanheceram com restos de escombros queimados, postes de luz atravessados no meio de algumas vias e com a maioria das lojas fechadas.

O líder opositor, Juan Guaidó, convocou para esta quarta-feira, 1.º, novas manifestações. Em sua conta no Twitter, ele pede que os venezuelanos saiam às ruas para seguir com as ações contra o governo. “Seguimos com mais força que nunca”, disse ele.

Post no Twitter de Juan Guaidó.

As forças de oposição esperam que os venezuelanos, revoltados com as imagens de veículos blindados que tentaram atropelar manifestantes e com a grave crise humanitária, ocupem as ruas de todo o país.

Na terça-feira, Guaidó mobilizou parte dos militares em uma tentativa de sublevação contra o presidente Nicolás Maduro. Ao longo do dia, o governo reprimiu manifestações em Caracas e nas principais cidades do país e conseguiu manter a coesão das Forças Armadas. Mais de 60 pessoas ficaram feridas e 25 foram presas.

Fonte: Agência Estadão Conteúdo

Foto: Google Imagens

expressaobrasiliense

Read Previous

Decisão do TCU impede GDF de pagar 3ª parcela do reajuste salarial para servidores

Read Next

Metrô funcionará em horário especial durante paralisação

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.