SETOR AGROPECUÁRIO | Caiado lança pacote de benefícios para produtores goianos

Reforçar o compromisso com o setor agropecuário, por meio de benfeitorias que servem como impulso para o fortalecimento da economia dos municípios goianos, seja pelo aumento da produção ou pelo incremento dos elos econômicos. Estes foram os objetivos do evento “O Agro é de Todos”, que contou com a participação do governador Ronaldo Caiado, na manhã da última quinta-feira (30/7).

Uma série de pautas importantes para o setor foram tratadas, atendendo às demandas de vários segmentos da sociedade. “Temos que render homenagens à agropecuária goiana. Hoje, o Brasil todo reconhece que a nossa agropecuária é uma referência no mundo. Temos aqui todos os setores da agricultura e entregamos produtos de qualidade, com toda tecnologia e respeito ao meio ambiente”, celebrou o governador.

Na ocasião, Caiado assinou autorização para processamento de compra de cerca de 500 equipamentos, no valor total de R$ 71,4 milhões, com recursos da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) e da bancada federal goiana, beneficiando mais de 130 municípios. “Esse dinheiro havia desaparecido, o último governador tinha perdido R$ 71 milhões. Ninguém mais acreditava que esse dinheiro voltaria para os cofres do Estado de Goiás e para as prefeituras em forma de implementos, como tratores, caminhões agrícolas, tudo aquilo que vai levar apoio ao setor rural, ao agricultor e ao cidadão que ali mora”, argumentou o governador.

Os recursos são destinados à aquisição de retroescavadeiras, motoniveladoras, pás-carregadeiras, tratores, implementos e caminhões-pipa, além de caminhões de lixo, que serão utilizados no primeiro programa do Estado de coleta de lixo no meio rural, com o objetivo de combater queimadas de detritos que podem provocar incêndios no campo. Os novos equipamentos servirão à recuperação de estradas de acesso às propriedades rurais e manejo de água e solo, além de serem utilizados na produção agropecuária, contemplando todos os itens necessários para preparo, plantio e colheita em pequenas, médias e grandes propriedades rurais.

O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Antônio Carlos de Souza Lima Neto, saudou o governador pelo apoio a importantes políticas públicas de fortalecimento do setor agropecuário e ressaltou que, “a retomada passará pelo desenvolvimento do campo”. Foram entregues, ainda, mais de 60 títulos de domínio em terras devolutas, para regularização fundiária. “Muitas vezes, agricultores familiares estão à mercê de políticas públicas e na dependência do apoio do governo. Certamente os títulos beneficiarão milhares de produtores rurais em nosso Estado”, destacou o secretário. Os processos de emissão do título de domínio da área nas terras devolutas em condições de regularização foram acelerados nos últimos meses antes da pandemia, para mobilizar os interessados, sanar dúvidas e orientar a respeito dos procedimentos necessários para a resolução da demanda que se arrastava nas últimas gestões.

Representando os produtores rurais, o agricultor Adelano Sodré Vieira ressaltou a importância dos títulos de domínio para o crescimento e desenvolvimento das propriedades. “Estamos há 11 anos esperando essa titulação. Agora, teremos acesso às instituições financeiras e poderemos investir em nossas propriedades, em máquinas, no aumento da nossa produtividade. Minha cidade está sendo contemplada com 23 títulos. Então, são 23 proprietários com esse benefício, e hoje a felicidade é de todos lá de São João D’Aliança”, comemorou.

Em seu pronunciamento, o titular da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Nelson Vieira, ressaltou que há R$ 79 milhões em emendas destinadas ao segmento em processo de licitação, e assegurou que o investimento em infraestrutura é uma das prioridades do órgão, melhorando a mobilidade e a vida das comunidades rurais, e incentivando a produção. Vieira observou ainda que Goiás tem inovado no segmento da tecnologia da informação e que um acordo de cooperação técnica entre a Sudeco e o Estado está sendo firmado.

O vice-governador Lincoln Tejota frisou que a sociedade deve ter clareza de que o segmento é essencial para os goianos. “No nosso Estado, o Agro não só é uma vocação, mas tem ocupado uma posição de destaque no cenário mundial. Estamos agindo para levar Goiás a um novo momento”, ressaltou.

Descentralização dos incentivos
O termo de cooperação entre o Governo de Goiás e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) também foi celebrado no evento. O documento prevê um protocolo de ações prioritárias para a atuação da Codevasf em Goiás, incluindo a implantação de Polo de Fruticultura Irrigada na região Nordeste do Estado, especificamente na região denominada Vão do Paranã.

“Quando entrei no governo, os incentivos fiscais eram apenas para cidades próximas a Goiânia. O empresário montava as maiores indústrias aqui para poder estar perto da capital. Comigo isso acabou”, garantiu o governador ao enfatizar que o Estado tem trabalhado arduamente para o desenvolvimento das regiões Nordeste e Norte de Goiás.

Serão disponibilizados R$ 13 milhões aplicados em um estudo de viabilidade econômica no Projeto de Assentamento Santa Maria, em São João D’Aliança, com 168 famílias; e no Projeto de Assentamento Bom Sucesso/Santa Cruz, em Flores de Goiás, com 72 famílias; além da revitalização da Barragem do Rio Paranã, que engloba os municípios de Formosa, São João D’Aliança e Flores de Goiás. O propósito é promover a inserção de produtores rurais familiares no sistema produtivo de frutas, com aproveitamento da mão de obra familiar, melhoria das condições de vida e ascensão social.

A presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, enfatizou que investir no Agro é gerar renda e oferecer um futuro melhor às famílias goianas. “Temos provado a cada dia que investir no Agro também significa investir no social. E desde que o governador Ronaldo Caiado criou o Gabinete de Políticas Sociais, o agro tem sido nosso parceiro em ações muito importantes”, lembrou. Em nome da OVG, a primeira-dama recebeu a doação de um veículo para o Banco de Alimentos da instituição, que será utilizado para atendimento de entidades e famílias em situação de risco alimentar.

Também foi assinado Termo de Cooperação Técnica e Financeira para o Banco de Alimentos entre Ceasa-GO e OVG, que vai atuar no combate ao desperdício, na diminuição da desigualdade e na ampliação da acessibilidade a alimentos de qualidade à população em condições de vulnerabilidade alimentar e nutricional em todo o Estado.

Líder da bancada goiana na Câmara Federal, a deputada Flávia Morais comemorou os resultados positivos do segmento e sublinhou a seriedade do Governo do Estado na gestão dos recursos públicos. “Aqui nós temos um governador inteligente, articulado, corajoso, bem intencionado e responsável com o nosso povo de Goiás. O Estado não poderia estar em melhores mãos nesse momento”, asseverou Flávia.

“Para nós, que há algum tempo militamos neste setor, parece música para nossos ouvidos”, comemorou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), deputado federal José Mário Schreiner, ao pontuar que todas as entregas anunciadas durante o evento vão ao encontro das políticas públicas mais necessárias ao meio rural, já que 80% dos produtores são de pequenas propriedades, e precisam de suporte do Estado. “Há um Agro que brilha, que exporta e que, na pandemia, não para, que tem sustentado o Brasil. Mas há também um Agro atrás do morro, com muitas carências”.

Outras ações
Durante o evento, Ronaldo Caiado assinou ainda o termo de entrega de nove distribuidores de calcário, provenientes de contrato de repasse celebrado entre o Governo de Goiás e o antigo Ministério do Desenvolvimento Agrário (hoje incorporado ao Mapa). Os implementos visam à melhoria da capacidade produtiva da agricultura familiar nos municípios de Araguapaz, Aruanã, Britânia, Crixás, Faina, Matrinchã, Mundo Novo, Nova Crixás e Uirapuru. Também foram entregues 22 veículos para a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), além de notebooks e bens diversos, ampliando a frota no interior do Estado e garantindo a melhoria no atendimento, na assistência técnica e no suporte ao produtor rural.

Foi divulgada, ainda, a instalação de equipamentos de internet Satelital na sede de dez assentamentos rurais nos municípios de Divinópolis de Goiás, Palmeiras de Goiás, Formosa, Cristalina, Amaralina, Crixás, Flores de Goiás, Cocalzinho de Goiás e Bonópolis, por meio de parceria firmada entre a Seapa, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). “Vamos mudar o Estado de Goiás, levar desenvolvimento para todas as regiões e melhorar a vida do cidadão”, comprometeu-se Caiado.

Além disso, Goiás segue com ótimos resultados no cumprimento das metas determinadas pelo Mapa no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA). Na solenidade, o presidente da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), José Essado, apresentou aos presentes o balanço final da 1ª etapa de vacinação contra a febre aftosa no Estado, encerrada no dia 31 de maio. Na época do fim da campanha, o índice registrado de alcance foi de 99,08%. Após as avaliações dos números, houve aumento no índice do rebanho imunizado. Segundo ele, “foi um sucesso, apesar dessa pandemia, desse tempo crítico, nós conseguimos alcançar um percentual muito bom. Hoje já estamos com 99,39%, o que representa quase 22,5 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos”.

Benefícios para o setor agropecuário

1. Assinatura da autorização para processamento de compra de máquinas e implementos no valor de R$ 71,4 milhões (recursos da Sudeco e da bancada federal goiana);
2. Assinatura do Termo de Cooperação entre Governo de Goiás e Codevasf para implantação de um Polo de Fruticultura Irrigada na região Nordeste do Estado – Vão do Paranã, no valor de R$ 13 milhões para estudo de viabilidade técnica e revitalização da barragem do Paranã;
3. Entrega de mais de 60 Títulos de Domínio – Regularização Fundiária
4. Assinatura de nove termos de Cessão dos Distribuidores de Calcário para municípios;
5. Assinatura do Termo de Entrega da fiorino para o Banco de Alimentos da OVG;
6. Assinatura de Termo de Cooperação Técnica e Financeira do Banco de Alimentos entre Ceasa-GO e OVG;
7. Entrega de carros, notebooks e bens para modernização da Emater;
8. Anúncio da retomada das obras da nova sede da Emater;
9. Anúncio da instalação de equipamentos de internet Satelital na sede de dez assentamentos rurais goianos, por meio de parceria entre Seapa, Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).
10. Balanço final da 1ª etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa em Goiás.

(Secom – Governo de Goiás)

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

TWITTER E FACEBOOK | Alexandre de Moraes determina bloqueio mundial de perfis de aliados do presidente Bolsonaro

Read Next

GRANDES OBRAS | GDF vai recuperar Via Estrutural e construir dois viadutos no Noroeste