• 28 de janeiro de 2022

AJUDA PARA CAVALCANTE | Força-tarefa do governo de Goiás envia alimentos para comunidades quilombolas afetadas pelas fortes chuvas

O Governo de Goiás, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Gabinete de Políticas Sociais (GPS), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Seds) e Corpo de Bombeiros, está levando alimentos para moradores das comunidades quilombolas do Vão das Almas, Vão do Moleque e do Rio Bonito, em Cavalcante, no Nordeste de Goiás.

Cerca de 400 famílias que vivem nessas localidades foram afetadas pelas fortes chuvas que caíram no município, provocaram alagamento e destruíram pontes, deixando muitos desabrigados e isolados.

Leia também  88 ANOS DA CAPITAL | Governo Caiado celebra aniversário de Goiânia anunciando benfeitorias de mais de meio bilhão de reais

A operação vai distribuir 600 cestas básicas e 600 cobertores da OVG às famílias afetadas pelas chuvas. Os donativos saem de Goiânia nesta terça-feira (28/12). “Temos uma base do Governo de Goiás em Teresina, de onde vão sair todas as cestas de alimentos e cobertores para as outras cidades”, explica o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça – que acompanhou o processo de embarque dos donativos nos caminhões. “Também estamos em contato com os prefeitos para providenciar um local para as famílias desabrigadas, vamos dar a assistência necessária para que elas possam superar este momento de dificuldade”, acrescenta.

Leia também  COMBATE À SONEGAÇÃO FISCAL | Secretaria da Economia de Goiás e MP apuram fraude de mais R$ 4 milhões em ICMS

Segundo o presidente da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Pedro Leonardo, o caminhão com donativos terá de passar por Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, para chegar ao município de Teresina de Goiás. “A expectativa é que as cestas e cobertores cheguem a Teresina até, no máximo, amanhã (quarta, 29/12) de manhã, quando deve ser iniciado o deslocamento dos donativos para as comunidades afetadas pelas chuvas”, informa. Por conta da dificuldade de acesso, boa parte das doações será levada de barco até as famílias.

Leia também  DEPOIS DE TANTO ESPERAR | André Mendonça é aprovado na CCJ e aguarda votação no plenário para confirmar seu nome ao STF

Combate à fome

As cestas básicas destinadas às famílias quilombolas fazem parte da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus. Lançada em março de 2020, a ação já alcançou a marca de mais de 1 milhão de kits de alimentos distribuídos. As doações beneficiaram famílias dos 246 municípios goianos, inclusive aquelas que vivem em assentamentos rurais e comunidades quilombolas.

(Portal Goiás)

Foto: Divulgação/Secom-GO

Expressão Brasiliense

Read Previous

DF SOCIAL | Beneficiários do programa tem até esta quarta (29) para abrir conta no BRB e receber pagamento no dia 30

Read Next

‘POUCA VERBA’ | Governador da Bahia reclama dos recursos liberados para recuperar o estado após enchentes que atinge mais de 110 municípios