• 22 de julho de 2019

Brasil ganha de 2 a 0 no sufoco da Costa Rica

Foi na raça, no sufoco e na emoção, mas o Brasil venceu a primeira na Copa do Mundo. Com gol de Philippe Coutinho aos 45 minutos do segundo tempo e Neymar, logo depois, aos 51, a seleção de Tite venceu a Costa Rica por 2 a 0 e se aproximou da classificação para a próxima fase. Com a vitória o time chega aos quatro pontos, enquanto o adversário está precocemente eliminado no Grupo E, sem nenhum ponto em dois jogos.

Assim como na estreia, o Brasil dominou as ações no primeiro tempo. Com a marcação alta, fazendo pressão na saída de bola da Costa Rica, a seleção de Tite conseguiu assustar já aos 25 minutos de bola rolando. No bico da grande área, Marcelo tentou um arremate rasteiro e ela caiu nos pés de Gabriel Jesus, que dominou e encheu o pé para o fundo das redes. O árbitro já havia parado o lance, marcando posição irregular do atacante.

Só que o lance acordou a Seleção Brasileira. Na sequência, Philippe Coutinho lançou Neymar nas costas da marcação. O camisa 10 sairia frente a frente com Kaylor Navas, mas errou o domínio e a bola acabou nas mãos do goleiro. Na pressão, Marcelo e Coutinho arriscando duas finalizações de fora da área, uma atrás da outra, mas ambas saíram pela linha de fundo. A esta altura da partida a Costa Rica estava completamente fechada no campo defensivo.

Em cobrança de escanteio, aos 38 minutos, Paulinho se enrolou com a marcação e caiu dentro da grande área, pedindo o pênalti. O árbitro não entendeu o lance como falta e deixou o jogo seguir. Apesar das boas chances criadas no primeiro tempo, o Brasil levou pouco perigo ao gol da Costa Rica – a maioria das oportunidades saíram pela linha de fundo.

CRESCEU DEMAIS

Mas o segundo tempo mudou completamente a história da partida. Muito mais aceso, o Brasil poderia ter aberto o placar já aos dois minutos. Numa bobeira da marcação costa-riquenha, Navas errou na saída de bola e jogou nos pés de Fagner. O lateral cruzou na medida para a pequena área, onde estava Neymar, mas o goleiro se recuperou e ficou com ela.

Gabriel Jesus apareceu na sequência em outro cruzamento, só que desta vez o atacante conseguiu subir mais do que todo mundo e testar no travessão. No rebote, Paulinho dominou e rolou para Philippe Coutinho, que arriscou de primeira contra o gol. No meio do caminho a marcação conseguiu desviar para escanteio. A pressão do Brasil vinha principalmente pelas pontas, com os jogadores de trás aparecendo na grande área.

Outro grande momento aconteceu aos 10 minutos, com Paulinho aparecendo pela direita e cruzando rasteiro, na marca do pênalti, para Neymar, que bateu de primeira, para mais uma defesa de Navas. Em outro lance incrível do Brasil, a zaga da Costa Rica tentou cortar um contra-ataque, mas a bola caiu nos pés do camisa 10. Frente a frente com o goleiro, o craque tentou bater colocado, mas acabou jogando para fora.

HAJA CORAÇÃO

Aos 32 minutos, Neymar recebe belo lançamento pela esquerda, corta a marcação e cai na grande área. O holandês Bjorn Kuipers marcou a penalidade máxima em cima do atacante, mas, na revisão pelo vídeo (VAR) o árbitro voltou atrás e marcou simulação do camisa 10. O lance, na reta final do segundo tempo, mexeu com a confiança do Brasil. Neymar e Philippe Coutinho se destemperaram e receberam cartões amarelos.

Mas a pressão surtiu efeito aos 45 minutos, quando o torcedor já estava desesperado nas arquibancadas. Marcelo cruzou, Gabriel Jesus ajeitou e Philippe Coutinho, que vinha de trás, bateu de bico para o fundo das redes. A emoção tomou conta dos jogadores, inclusive do técnico Tite. Na sequência, aos 51, Douglas Costa recebeu no contra-ataque e só escorou para Neymar, sem goleiro, fechar a primeira vitória do Brasil na Copa do Mundo.

PRÓXIMO JOGO

Na próxima quarta-feira, dia 27 de junho, o Brasil decide a classificação contra a Sérvia em Spartak, às 15 horas, pela 3ª e última rodada do Grupo E. No mesmo dia e horário a Costa Rica enfrenta a Suíça em Nizhny Novgorod.

Matéria AFI

Foto: Divulgação/Fifa

expressaobrasiliense

Read Previous

Deputado Izalci promove sessão solene em homenagem ao Dia Nacional do Quadrilheiro Junino

Read Next

TRF4 homologa delação de Palocci, após STF liberar delação via PF

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.