• 23 de julho de 2024

PARA GARANTIR A SEGURANÇA DA ESTRUTURA | Caesb inicia reforma da Barragem do Descoberto que vai até outubro

Com capacidade para armazenar cerca de 86 milhões de m³ de água, a barragem do reservatório responsável por abastecer 60% da população do Distrito Federal está passando por melhorias para garantir a segurança de sua infraestrutura e operação. A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) iniciou em março a instalação de uma cortina de drenos e a aplicação de resina sintética na estrutura física da Barragem do Descoberto. 

A um investimento de R$ 8 milhões, as obras iniciaram em março e devem ser concluídas em outubro (durante o período de estiagem no Distrito Federal). Tais melhorias fazem parte das ações para atender a requisitos de operação segura da barragem e de ampliação da durabilidade da estrutura, conforme definidos na Política Nacional de Segurança de Barragens. 

Construída entre os anos de 1971 e 1973, a Barragem do Descoberto foi inaugurada em 1974 e tem passado por serviços de manutenção regulares de maneira a garantir sua operação adequada e a segurança da população instalada próximo à estrutura.

O gerente de Implantação de Obras Centro-Norte da Caesb, Guilherme Gobbi, explica como será esta nova etapa de melhorias: “será instalada uma cortina para drenagem na parte interna do paredão. Também serão realizadas intervenções para a injeção de resina sintética de poliuretano, um material selante, que irá melhorar a estanqueidade da estrutura de concreto e, por consequência, garantir uma maior vida útil à estrutura”, afirmou.

A estrutura da Barragem é formada por um conjunto de 18 blocos construídos em concreto, que somados chegam a 265 metros de crista. O vertedouro, por onde a água desce quando o reservatório atinge 100% de sua capacidade (1.030 metros), tem 55 metros de comprimento. 

Sobre a barragem 

A Barragem do Rio Descoberto fica às margens da BR-070 e foi inaugurada em 1974, dando origem a um lago de 12,5 km² de área de espelho d’água e capacidade de armazenar cerca de 86 milhões de m³. O Lago Descoberto faz parte do sistema integrado de abastecimento, operado pela Caesb, e abastece as cidades de Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Riacho Fundo I e II, Recanto das Emas, Gama, Santa Maria, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Park Way, Águas Claras, Vicente Pires, Pôr do Sol e Sol Nascente. 

(Caesb)

Foto: Cristiano Carvalho/Caesb

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais.

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook. 

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

CONTAGEM REGRESSIVA | TSE julga na quinta (22) ação contra Bolsonaro que pode torná-lo inelegível por 8 anos

Read Next

WINE JAZZ PIRI | Festival de vinho e jazz no Largo da Igreja Matriz de Pirenópolis agita a cidade de 23 a 25 de junho