• 18 de agosto de 2022

MORTA EM EMBOSCADA | Técnica de enfermagem atuava como agiota e a família não sabia

Para a Polícia Civil do DF, a técnica de enfermagem Danyanne da Cunha Januário da Silva foi assassinada durante uma emboscada ao ir cobrar dívidas. A família dela disse que não tinha conhecimento do seu envolvimento com agiotagem.

“Alguém colocou ela nesse negócio falando que seria algo fácil. É a influência de amigos, colegas, por dinheiro parado para render mais. O padrão dela era outro. Se a gente soubesse teria intervido. Foi uma surpresa”, declarou Roosevelt Januário da Silva Júnior, irmão da vítima, ao G1.

O corpo da profissional de saúde foi sepultado na tarde de sexta (5), no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.

Sumiço

A família de Danyanne passou uma semana procurando a técnica de enfermagem após ela sair de casa, no dia 27 de julho, dizendo que iria receber o dinheiro de uma dívida.

Na quarta-feira (3), o corpo dela foi encontrado em um terreno na região do Incra, em Brazlândia. Dois homens foram presos por envolvimento no crime: um motorista de aplicativo, de 24 anos, e o funcionário de uma hamburgueria, de 26 anos.

Mataram para não pagar dívida

Segundo a Polícia Civil, a mulher morta e os dois homens atuavam com um esquema de agiotagem, mas um dos suspeitos passou a inventar empréstimos e a pegar o dinheiro para si mesmo. A polícia afirma que Danyanne não chegou a cobrar a dívida, mas que o suspeito decidiu matá-la para não pagar o débito.

Aos policiais, os criminosos disseram que a dívida era de R$ 35 mil. Mas familiares da vítima afirmaram que ela mantinha todos os empréstimos anotados, e que o valor podia chegar a R$ 80 mil.

Com informações do G1

Foto: Reprodução/G1

Expressão Brasiliense

Read Previous

ELEIÇÕES 2022 | PO ignora aproximação com grupo de Ibaneis e deve registrar candidatura sub judice por ter problemas com a Justiça

Read Next

CAFÉ EXPRESSÃO | Fabiano dos Anjos, diretor de Vigilância Epidemiológica do DF, diz que GDF segue firme no enfrentamento a Covid e Monkeypox (varíola dos macacos)

error: A reprodução ou cópia deste conteúdo é proibida sem prévia autorização deste portal.