• 21 de junho de 2021

INFRAESTRUTURA VIÁRIA | GDF investe mais de R$ 400 milhões em obras nas rodovias do DF

Seja em melhorias de grande magnitude ou em pequenas intervenções, o empenho é o mesmo: criar e adequar estruturas em prol de um trânsito mais seguro e dinâmico no DF.

Veja também

QUADRILHÃO DO MDB | Juiz federal absolve Michel Temer, Eduardo Cunha, Geddel e outros dez réus envolvidos no processo

Desde 2019, o Governo do Distrito Federal (GDF) já investiu mais de R$ 400 milhões em 91 obras de infraestrutura viária nas rodovias distritais, beneficiando cerca de um milhão de motoristas todos os dias.

Sob o comando do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF), aproximadamente R$ 309,8 milhões já se transformaram em diversas benfeitorias, tais como: a instalação e modernização de 140 quilômetros de ciclovias e vias; a renovação de 12 pontes e 35 passarelas; e a construção de 24 viadutos e 10 estacionamentos. Juntas, as obras geraram mais de 1,4 mil empregos ao longo dos últimos dois anos.

“São obras essenciais para a modernização e adequação do trânsito de Brasília, mas também serviram para gerar empregos, garantir renda e manter a economia do DF aquecida”, Ibaneis Rocha, governador

Além dos serviços já concluídos, o DER/DF atualmente possui outros 10 empreendimentos em execução pelo DF. Entre eles, o Viaduto do Recanto das Emas, a construção de um muro de gabião na Fercal e a ampliação da DF-001, em Brazlândia. Somadas, estas obras representam um investimento de aproximadamente R$ 92,2 milhões e estão gerando mais de 850 empregos nos canteiros.

Leia também  REDUÇÃO DA FROTA DE ÔNIBUS | A partir de segunda (7), 10% dos veículos deixarão de circular até fevereiro

Para o governador Ibaneis Rocha, os serviços executados pelo DER/DF são importantes para o desenvolvimento local, principalmente neste período marcado pela pandemia do coronavírus. “São obras essenciais para a modernização e adequação do trânsito de Brasília, mas também serviram para gerar empregos, garantir renda e manter a economia do DF aquecida”, avalia.

Complexo Viário Governador Roriz: obra entregue dois anos antes do previsto | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Os investimentos nas grandes infraestruturas se misturaram a intervenções de menor porte, como a construção de estacionamentos, pavimentação de trechos de rodovias e criação de novos acessos. Serviços realizados em grande parte com mão de obra do próprio departamento, como explica o diretor-geral do DER/DF, Fauzi Nacfur.

“Vamos continuar intervindo em pontos de entroncamento, principalmente em Sobradinho, Riacho Fundo e Jardim Botânico, sem nos esquecermos da sustentabilidade, priorizando também a construção de ciclovias e melhorias para os pedestres”, Fauzi Nacfur, diretor-geral do DER/DF

Versatilidade

Leia também  SOB NOVA DIREÇÃO | Fux assume presidência do STF e CNJ com discurso anti-corrupção

“Tivemos que nos reinventar e trabalhar com obras diretas, utilizando servidores e maquinários próprios”, explica. “Foi esse somatório de esforços, entre grandes obras e pequenas intervenções, que fez com que chegássemos em números tão bons. Em nenhum minuto o DER/DF parou, e nosso diferencial é termos essa versatilidade de atuar com agilidade tanto nas áreas urbanas quanto nas rurais”.

Leia também  GALERIAS PLUVIAIS | Obras em Vicente Pires chega a 90% de execução

Entre as obras já concluídas, o Complexo Viário Governador Roriz se tornou um marco de eficiência e empenho de todas as partes envolvidas na construção. Desde 2019, o GDF priorizou a sua conclusão, e assim toda a ligação da Saída Norte, desde o Trevo de Triagem Norte até a Ligação Torto-Colorado, foi entregue dois anos antes do previsto.

Se o tempo é de ação, o trabalho do DER/DF para os próximos meses também não vai parar, como detalha Fauzi Nacfur: “Vamos continuar intervindo em pontos de entroncamento, principalmente em Sobradinho, Riacho Fundo e Jardim Botânico, sem nos esquecermos da sustentabilidade, priorizando também a construção de ciclovias e melhorias para os pedestres”.

(Agência Brasília)

Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

expressaobrasiliense

Read Previous

O FINO DA POLÍTICA | Evangélicos querem a vaga de vice de Ibaneis mirando o poder de mando no DF a partir de 2026

Read Next

CUIDADO COM SEUS DADOS | Ataques de hackers ao poder público poderão ser mais frequentes