GDF EM AÇÃO | Ruas de Vicente Pires começam a receber a pavimentação asfáltica

Em continuidade às obras de infraestrutura do Setor Habitacional Vicente Pires, o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) iniciou, na segunda-feira (2), o serviço de pavimentação de 600 metros na Rua 3 – entre as ruas 8 e 10 da cidade. O trabalho é executado por administração direta.

As obras de drenagem em parte da Rua 3 e na Rua 8 tiveram início em agosto deste ano, após a retomada do contrato do Lote 8 firmado com a empresa GAE. Em apenas quatro meses, foram executados mais de 5 quilômetros de redes de drenagem e, agora, ambas as vias estão prontas para receber o tão esperado asfalto.

Trabalho conjunto

“As redes de drenagem nas ruas 3 e 8 foram realizadas em tempo recorde”, destaca secretário de Obras, Izidio Santos Junior. “Em apenas quatro meses, investimos mais de R$ 6 milhões. Não conseguiremos asfaltar as duas vias de forma integral neste ano, mas, com a ajuda do DER, conseguiremos entregar mais 600 metros da Rua 3”.

O engenheiro responsável por esse trabalho de parceria, Paulo Robert Santos, do 3º Distrito Rodoviário do DER/DF, reforça a importância da ação conjunta entre os órgãos para que a população tenha a demanda atendida em tempo satisfatório. “Esta não é a primeira vez que trabalhamos juntos nas obras de Vicente Pires, e a parceria vai prosseguir”, lembra. “É uma determinação do governador Ibaneis Rocha que estejamos onde a população precisar”.

Confira o andamento das obras

Rua 3 – O trecho que vai da marginal da Estrutural até a Rua 10 está concluído, estando finalizadas as obras de drenagem até a Chácara 55.  Iniciado o asfaltamento do trecho que vai da Rua 10 até a Rua 8 (600 metros). A administração regional vai atuar no local para garantir a trafegabilidade do restante da via durante o período chuvoso.

Rua 3B – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Os meios-fios e as calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 3C – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Meios-fios e calçadas serão concluídos em 2020.

Rua 4 – Dos 3,1 km de extensão, 2,6km estão concluídos. No momento, os serviços se concentram na terraplanagem e pavimentação entre as chácaras 300 e 297. Também estão sendo instalados meios-fios e calçadas na região. Os serviços de pavimentação asfáltica serão finalizados em 2020.

Rua 4A –Os serviços de drenagem, pavimentação asfáltica, meios-fios e calçadas serão efetuados em 2020.

Rua 4B – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Meios-fios e calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 4C – Obras de drenagem concluídas. Os serviços de pavimentação asfáltica serão realizados em 2020.

Rua 5 –Obras de pavimentação em andamento no trecho que vai do Balão do Horácio à panificadora Bonanza. Parte dos serviços foi executada pelo DER. No restante da via, as obras de drenagem, pavimentação, meios-fios e calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 6 – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Meios-fios e calçadas serão finalizados em 2020.

Rua  7 – Obras de terraplanagem em andamento no trecho situado entre as ruas 6 e 8. A previsão é de que esses serviços sejam concluídos em 45 dias. Obras de drenagem e pavimentação finalizadas nos trechos entre as ruas 12 e 8 e das ruas 6 a 4. Os meios-fios e as calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 8 – Obras de drenagem concluídas. A administração regional vai atuar no local para garantir a trafegabilidade da via durante o período chuvoso. Os serviços de pavimentação asfáltica serão realizados em 2020.

Rua 10 – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Meios-fios e calçadas serão finalizados em 2020. Parte dos serviços foi executada pelo DER/DF e pela Novacap.

Rua 12 – Obras de drenagem e terraplanagem em andamento da Chácara 184/1 à 301. A previsão é de que os serviços nessa localidade sejam finalizados neste ano. A conclusão dos trabalhos de drenagem e pavimentação da totalidade da via está prevista para 2020.

Lote 8 – As ruas 3 e 8 fazem parte desse lote. Até agosto deste ano, o Lote 8 nem sequer tinha contrato, de modo que nenhuma obra havia sido executada nessas duas importantes avenidas do Setor Habitacional Vicente Pires. Após muito trabalho com os órgãos de controle, o GDF conseguiu tirar esse lote do papel, e as obras, finalmente, começaram. O contrato firmado com a empresa GAE prevê apenas a execução da drenagem na região. A pavimentação asfáltica depende de licitação para a contratação de nova empresa.

Colônia Agrícola Samambaia – O contrato do Lote 2, que contempla a área, será licitado novamente. O projeto está sendo readequado para a realidade do local, pois a configuração original é de 2008. A previsão é que a licitação seja realizada no primeiro semestre de 2020 e que as obras comecem no segundo semestre.

Lagoas de detenção – Além de contribuir para o fim dos alagamentos, as lagoas têm a função de deter sedimentos e detritos, transportados pelas chuvas, antes de serem lançados nos córregos e rios da região. O projeto prevê a construção de 22 lagoas (14 estão concluídas) e 85 dissipadores (40 estão finalizados).

(Agência Brasília)

expressaobrasiliense

Read Previous

COLETÂNEA | 13 artistas e bandas de diferentes estados brasileiros apresentam versões próprias das músicas do primeiro álbum do Nirvana

Read Next

LIBERADO | Anvisa autoriza fabricação e venda de medicamentos à base de Cannabis

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.