• 23 de fevereiro de 2024

CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA | Secretaria de Saúde do DF (SES/DF) divulga novas datas do processo seletivo de condutores de ambulância e padioleiros

A Secretaria de Saúde (SES-DF) definiu um novo cronograma do processo seletivo simplificado para contratação temporária de condutores de ambulância e padioleiros. As novas datas constam no edital de retificação publicado na edição desta sexta (19) do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O resultado preliminar está marcado para segunda-feira (22). Os classificados dentro das vagas serão convocados em 7 de março e começam a trabalhar em 15 de março. As interposições de recursos poderão ser feitas no site do Instituto AOCP.

As inscrições do processo seletivo ocorreram em outubro do ano passado. O processo seletivo foi realizado por meio da avaliação de títulos (formação acadêmica) e comprovação de experiência profissional no momento da inscrição.

Para a especialidade de condutor, foram oferecidas 50 vagas e mais 250 de cadastro reserva, com jornada de trabalho de 40 horas semanais e remuneração de R$ 3.679,26. Os candidatos precisam ter curso de nível superior.

Já para o cargo de padioleiro, são 80 vagas e mais 400 de cadastro reserva. A carga horária é de 40 horas semanais com remuneração de R$ 3.600,72. A função exige nível médio.

A especialidade de condutor de ambulância compõe a carreira de analista em gestão e assistência pública à saúde. Por sua vez, o técnico de apoio operacional faz parte da carreira de técnico em gestão e assistência pública à saúde.

(Agência Brasília)

Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais.

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook. 

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram.

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

COMBATE À DENGUE | 14 UBSs do DF passam a funcionar em horário noturno para atender pessoas sintomáticas

Read Next

APÓS OPERAÇÃO LESA PÁTRIA | Senadores criticam ação da PF contra deputado e acusam Alexandre de Moraes de prestar assessoria jurídica para o presidente Lula após 8 de janeiro