ABAIXO DA INFLAÇÃO | A partir de segunda-feira (13) a tarifa de transporte no DF será reajustada em 10%

O preço das passagens do sistema de transporte público do Distrito Federal não sofre reajuste desde 2017. De acordo com levantamento realizado pela Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), o valor a ser corrigido deveria ser de 16,18%, mas atendendo um pedido do governador, o reajuste ficou estabelecido em 10%. Os novos preços deverão entrar em vigor a partir da próxima segunda-feira (13) e, de acordo com o governo do Distrito Federal (GDF), ficará abaixo da inflação do período.

Segundo o titular da Semob, Valter Casimiro, “o objetivo é diminuir o desequilíbrio que há hoje entre a tarifa-usuário, que é o que o passageiro paga quando passa pela roleta do ônibus, e o custo real por passageiro”, explicou. O GDF vai absorver parte do valor da passagem em forma de subsídio e pode deixar de gastar cerca de R$ 161 milhões ao ano com a proposta de reajuste das tarifas do transporte público da capital.

Todas as tarifas terão adição de 10%; linhas circulares internas passariam de R$ 2,50 para R$ 2,75%, as ligações curtas passam de R$ 3,50 a R$ 3,85 e as de integração, longas ou do metrô, de R$ 5, sobem para R$ 5,50. 

Os valores das tarifas de ônibus e do metrô no DF ficaram congelados por mais de 10 anos, entre janeiro de 2006 e setembro de 2015, período em que a inflação chegou a 73,60%. Conforme a Semob, as correções feitas em 2015 (média de 34,4%) e 2017 (média de 17,6%) não foram suficientes para trazer equilíbrio do sistema. Em 2019, o governo gastou R$ 701.314.932,12 para subsidiar todo o sistema, com gratuidades e complemento tarifário.

“Sabemos que há muito para melhorar no sistema e, agora, a determinação é para aumentar o volume da frota para diminuir a lotação e aumentar a frequência nas cidades”, ressaltou o secretário Valter Casimiro.

Confira a lista de valores:

Tarifa usuário – valores atuais

Circular interna – R$ 2,50

Ligações curtas – R$ 3,50

Metrô/longas/integração – R$ 5

Tarifa usuário – novos valores

Circular interna – R$ 2,75

Ligações curtas – R$ 3,85%

Metrô/longas/integração – R$ 5,50

Da Redação do Expressão Brasiliense com informações adaptadas da Agência Brasília.

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

OPORTUNIDADE | Secretaria Especial da Cultura lança edital para levar empreendedores culturais para o Micsul 2020

Read Next

NOVOS PROFISSIONAIS | Escola Superior de Ciências da Saúde do DF forma 122 médicos e enfermeiros