• 28 de setembro de 2020

DE OLHO NO ENTORNO | “O Entorno é Goiás”, declara Caiado

A tal tese “Nem-Nem” de que as cidades goianas da região do Entorno do Distrito Federal não são “nem Goiás e nem DF” está com os dias contados. Desde que Ronaldo Caiado (DEM) assumiu o governo de Goiás, em janeiro do ano passado, ele não vem medindo esforços para melhorar a qualidade de vida dos moradores dos municípios goianos circunvizinhos a capital do País.

A região esteve esquecida pelos governos anteriores ao de Ronaldo Caiado. Em muitas cidades, é possível encontrar obras inacabadas por terem seus recursos surrupiados ou serviços superfaturados que não foram executados.

Na última quinta-feira (06/08), Caiado acompanhado de secretários e outras autoridades goianas entregou o presídio estadual de Águas Lindas, uma das obras que fora abandonada por seus antecessores. A construção da unidade prisional foi embargada por quatro vezes desde seu início em 2013. No dia seguinte, o governador esteve em Planaltina de Goiás para entregar 383 moradias para famílias de baixa renda.

Leia Também  TUDO PELO PODER | Lêda Borges deve apoiar Afrânio Pimentel, aliado da esquerda, para a Prefeitura de Valparaíso de Goiás nas eleições

Ronaldo Caiado ainda durante a campanha para o governo de Goiás assumiu o compromisso de dar mais atenção com a região do “Entorno de Brasília”, como ele gosta de chamar. Apesar de reconhecer essa proximidade das cidades goianas com a capital federal, Caiado disse em alto e bom som durante a entrega das chaves do presídio que “o Entorno é Goiás”. O governador se dirigiu aos políticos da região e pediu para que o ajudem a enterrar a tal tese “Nem-Nem”.

Caiado disse publicamente que pediu ao presidente Jair Bolsonaro ajuda para que Goiás tivesse um hospital de referência para enfrentar a pandemia do coronavírus ao mencionar a unidade temporária erguida com recursos do governo federal em Águas Lindas, o Hospital de Campanha. Ele ainda citou que a equipe que toca as obras de seu governo já fez uma análise na estrutura do Hospital Hugo 9, outra obra abandonada, para entregar para a população. O governador firmou até compromisso com o atual prefeito da cidade, Hildo do Candango, que deixa o cargo em janeiro do próximo ano, para que ele participe da entrega do tão sonhado equipamento público.

Leia Também  Elvis Santos: o "plano B" da candidata Lêda Borges

É perceptível que a região do Entorno está recebendo uma atenção especial por parte do governo Caiado. Na área da saúde, Ronaldo Caiado que é médico, reintegrou os hospitais de Formosa e de Luziânia ao sistema de saúde pública do Estado de Goiás. O governador lembrou que “o Entorno tem 1,2 milhão de goianos, e essa região aqui, nunca teve um leito de UTI público. Já entreguei em Formosa e em Luziânia, e vou entregar aqui em Águas Lindas”.

Na educação, Ronaldo Caiado fez questão de registrar que acabou com o 4º turno e que todas as crianças recebem o seu uniforme por parte do Estado. Na área da segurança, os índices de criminalidades caíram significativamente. Ou seja, as cidades do Entorno foram de fato acolhidas pelo seu Estado de origem e deixa de ser dependente única e exclusivamente do governo do DF. Há quem diga que os “marconistas” que andam acompanhando os feitos de Caiado estão com dor de cotovelo diante do trabalho apresentado por ele e seu time para a população não só do Entorno, como de todo o Goiás.

“Nós temos que trabalhar com esse objetivo: trazer resultado. Essa história que não é “nem Goiás, nem Brasília”, (nós) vamos acabar com isso. Águas Lindas e o Entorno é Goiás. E eu sou responsável, como governador do Estado, para atender a necessidade da população”, afirmou Ronaldo Caiado em seu discurso.

0 Reviews

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

EM SOLIDARIEDADE ÀS VÍTIMAS | Congresso decretou luto de quatro dias pelos 100 mil brasileiros mortos por covid

Read Next

MAIS UM PASSO | Anvisa aprova aplicação de 2ª dose da vacina da Oxford