• 12 de abril de 2024

Em cerimônia de abertura do Carnaval 2019, Ibaneis fala do retorno das Escolas de Samba para 2020

Atualmente, o Carnaval do DF se resume aos blocos de rua. Num passado, não tão distante, as festividades do reinado de Momo contava com a participação das Escolas de Samba. As agremiações carnavalescas foram esquecidas pelo governo anterior. Nesta sexta-feira (1º), o governador Ibaneis Rocha (MDB), durante a cerimônia de abertura do Carnaval, anunciou que as escolas voltarão com seus desfiles.

Ibaneis falou aos jornalistas que quando assumiu o governo, o edital do Carnaval já estava praticamente concluído e isso o deixou de mãos atadas. Ele ainda lamentou que o Galinho de Brasília, um dos mais antigos e tradicionais, tenha decidido não sair este ano. “Infelizmente, me deparei com essa situação. Mas, ano que vem vamos resolver isso”, afirmou.

O advogado ensaiou alguns passos junto com o Rei Momo e sua comitiva. O governador destacou que o Samba é um ambiente que promove a união entre todas as raças, bem como o respeito às escolhas sexuais de cada um. Ibaneis disse que vai se empenhar para construir a Cidade do Samba.

Ao todo, 200 blocos irão se apresentar ao longo do Carnaval neste ano. Na Torre de TV, o GDF informa que funcionará uma delegacia para registrar ocorrências relacionadas ao período e também um quartel provisório da PM.

Da Redação com informações da Agência Brasília

Foto: Divulgação/Ag. Brasília

Expressão Brasiliense

Read Previous

ANS suspende comercialização de 46 planos de saúde

Read Next

Google oferece treinamento em marketing digital em Brasília