• 22 de março de 2019

Cooperativas habitacionais não terão vez no governo Ibaneis

Em entrevista ao Jornal de Brasília, publicada nesta terça-feira (30), o governador eleito do DF, Ibaneis Rocha (MDB) anunciou que as cooperativas habitacionais não serão contempladas em seu governo. A maioria dos líderes do movimento por moradia popular do DF apoiaram o atual governador, Rodrigo Rollemberg (PSB).

As cooperativas habitacionais do DF são atendidas pelo governo por meio da Lei Distrital nº 3.877/06 que estabelece que 40% das áreas destinadas para habitações de interesse sociais sejam destinadas às entidades. As instituições já construíram casas e apartamentos em regiões administrativas como Riacho Fundo II, Santa Maria, Recanto das Emas, Samambaia, Ceilândia, Paranoá e outras cidades.

Desde os governos de Joaquim Roriz até Rollemberg, as entidades sempre tiveram atenção especial por parte do Estado. A justificativa do governador Ibaneis é que as cooperativas cobram taxas exorbitantes das famílias para poder participar dos programas. “Só que eu quero fazer uma coisa: nós vamos acabar com as cooperativas. Cooperativa hoje está cobrando de R$ 8 mil a R$ 12 mil para que uma pessoa ingresse. E aí ela entra endividada, não tem condições de pagar”, ressalta o governador.

Ibaneis disse que o seu governo promoverá licitações dos lotes diretamente para as empresas para que elas comprem e façam o financiamento por meio da Caixa Econômica Federal. O atual programa habitacional atende tanto as cooperativas como famílias inscritas diretamente na Codhab.

Confira o trecho da entrevista ao jornalista Francisco Dutra em que Ibaneis fala do assunto:

[wpvideo UsNeMUFD]

Da Redação com informações do Jornal de Brasília  

Foto: Google Imagens

Vídeo: Reprodução de aplicativos

expressaobrasiliense

Read Previous

Ibaneis anuncia Paco Britto como coordenador da equipe de transição e Ericka Filippelli como secretária da Mulher

Read Next

Pane em vagão do metrô em Águas Claras suspende operação do sistema

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-136505599-1');