• 25 de julho de 2021

Bombeira do DF que foi atingida por árvore será sepultada nesta segunda-feira (16)

O domingo, dia 15 de setembro, será lembrado por muito tempo pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). Por volta das 7h30, durante uma ocorrência de incêndio em vegetação na QNL 02, próximo a via Estádio, uma árvore caiu, atingindo além da rede de alta tensão, a soldado Marizelli Armelinda Dias. A bombeira foi socorrida pelos companheiros de corporação e levada para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC) em estado grave, porém não resistiu ao acidente e veio à óbito.

Leia também  ATÉ A MEIA-NOITE | Ibaneis assina decreto ampliando horário de bares e venda de bebidas

O governo do Distrito Federal (GDF) está de luto após a morte da soldado. “Que tristeza para o Distrito Federal perder uma de suas combatentes do Corpo de Bombeiros, que dedicava sua vida a salvar outras. Toda a minha solidariedade à família da soldado Marizelli, que Deus conforte seus corações. O GDF está de luto”, disse o chefe do Executivo.

Leia também  FICOU DE FORA DO MUNDIAL | Após fazer gol histórico na final da Libertadores, Breno Lopes não vai para a competição da Fifa

Além de fraturas, Marizelli teria sofrido um trauma craniano e não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito ainda no domingo. A bombeira deixa dois filhos, de quatro e cinco anos. Ela havia entrado para a corporação em maio deste ano.

Nesta segunda-feira (16), será realizado o velório a partir das 14h e o sepultamento às 17h30 da soldado Marizelli Dias no cemitério de Taguatinga.

Leia também  OPORTUNIDADE | Agências do trabalhador iniciam semana em busca de 188 profissionais

Com informações do Jornal de Brasília

expressaobrasiliense

Read Previous

GDF economiza R$ 250 milhões com recadastramento previdenciário

Read Next

Em tempos de contenção e redução de despesas, CNJ aprova auxílio-saúde para juízes