Os Bastidores da Política em Brasília

Izalci e GDF mais próximos

Foto: William Sant’Ana/Ass. Sen. Izalci Lucas

Um dos assuntos mais comentados da semana é a aproximação entre o senador Izalci Lucas (PSDB) e o governo do Distrito Federal. Desde que Izalci se tornou o coordenador da bancada do DF no Congresso Nacional, o governador Ibaneis Rocha (MDB) e sua equipe passaram a dar uma atenção especial ao senador. Antes disso, o parlamentar estava esquecido pelo governo do emedebista, principalmente, porque os aliados de primeira hora do governador insistem em dizer que o tucano será candidato ao governo do DF em 2022. Pode até ser que seja, mas Izalci Lucas tem dito aos quatro cantos do quadrilátero federal que ainda está cedo para esse debate. Outro fato que os “advogados do diabo” insistiam em pôr à mesa era o fato de Izalci ter apoiado Ibaneis Rocha no segundo turno das eleições em 2018 e não ter sido contemplado na composição do então governo do advogado, apesar do senador dizer que “Ibaneis não me deve nada”.

Passado esse primeiro momento de muita especulação e tititi nos bastidores, os dois políticos apararam as arestas e agora estão trabalhando em prol do Distrito Federal. Na última sexta-feira (28), Izalci Lucas recebeu em seu gabinete o novo secretário de Governo, José Humberto Pires, o Pezão, o secretário de Relações Institucionais, Vitor Paulo, e o secretário de Fazenda, André Clemente, para conversar sobre obras importantes que vão demandar recursos para serem realizadas. Eles também falaram sobre entraves na execução de emendas ao Orçamento da União já destinadas ao DF.

Os secretários relataram problemas com projetos que foram indicados para receber recursos de orçamentos de anos anteriores e que não conseguiram, até agora, serem executados devido a questões burocráticas e jurídicas, entre outros impedimentos.

Evento do grupo Levvo. Foto: Divulgação/Ag. Brasília

Antes do encontro com os secretários, o senador esteve num evento comemorativo onde estava o vice-governador do DF, Paco Britto (Avante) que fez questão de citar a importância do parlamentar para o DF. Paco ao cumprimentar o parlamentar, o parabenizou por “chancelar todas as emendas para o crescimento e o desenvolvimento do DF”.

Pelo visto, “os diabos” vão ter que procurar outro ouvido para plantar a discórdia.

CLDF entra de férias

Foto: Divulgação/CLDF

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) entrou em recesso parlamentar. Durante todo o mês de julho, a casa de leis distrital passará a funcionar em horário especial. As atividades legislativas estão suspensas até o dia 31 de julho e o horário de funcionamento da CLDF, durante todo o mês, será das 13h às 19h. Antes do início do recesso, conforme prevê a legislação, os parlamentares aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020, na noite da última quarta-feira (26).

No segundo semestre, os distritais devem voltar a discutir a Lei do Passe Livre Estudantil que foi retirada da pauta pelo Executivo e também a polêmica eleição dos administradores regionais. No primeiro semestre, os parlamentares votaram pela extinção da Agência de Fiscalização do DF – Agefis, a criação do Instituto de Gestão Estratégica da Saúde do DF – Iges/DF, passando a gestão das UPAs e mais dois hospitais para o instituto além do Hospital de Base que já estava na estrutura da organização. Ibaneis também conseguiu estender a prorrogação do estado emergencial na saúde pública. O GDF obteve sucesso ainda nas votações que envolveram ajustes na LDO, principalmente, no que diz respeito a incentivos fiscais, o que beneficia o setor produtivo.

Nesse jogo de puxar a corda, nem sempre o Executivo saiu-se vitorioso. Sinal de que a promessa do atual presidente da CLDF, deputado Rafael Prudente (MDB), de que a casa não seria uma mera carimbadora de projetos do GDF prevaleceu como disse ao Expressão Brasiliense em entrevista exclusiva no começo do ano.

João Cardoso em defesa do servidor do DF

Foto: Google Imagen

Servidor de carreira do GDF (professor e auditor fiscal), o deputado distrital João Cardoso (Avante) teve uma atuação fundamental em prol dos servidores do DF. A CLDF aprovou em segundo turno o projeto de Lei Complementar 7/2019 que põe fim ao pagamento em dinheiro (pecúnias) das licenças-prêmio dos servidores públicos do Distrito Federal. João Cardoso apresentou duas emendas ao projeto que garantiram aos trabalhadores dentro do quinquênio o direito ao recebimento das pecúnias, tanto após a aposentadoria como por antecipação anual. A proposta irá para a sanção do governador Ibaneis Rocha.

Iolando defende a duplicação da “Rodovia da Morte”

Foto: Google Imagens

A morte trágica do ex-distrital Juarezão na BR-080, rodovia que liga o DF ao Estado de Goiás, fez com que o deputado distrital Iolando (PSC) defendesse a duplicação da via que é conhecida como “Rodovia da Morte”. Iolando representa a cidade de Brazlândia que tem a BR-080 como principal via de acesso às demais cidades do DF. Juarezão também tinha a cidade como reduto político.

Criação da RA do Sol Nascente/Pôr do Sol ficou para agosto

Foto: Google Imagens

O colégio de líderes da CLDF pediu ajustes na proposta que cria a Região Administrativa do Sol Nascente/Pôr do Sol. Com isso, o presidente da casa, deputado Rafael Prudente decidiu apreciar o projeto junto à comunidade da região durante a sessão da Câmara Mais Perto de Você que será realizada no Setor Sol Nascente, na volta dos trabalhos em agosto, nos dias 13 e 14. “Vamos levar essa votação importante para ser realizada perto da comunidade com a participação dos moradores”, disse Rafael.

Com informações do site do senador Izalci Lucas, Portal da CLDF e assessores da CLDF.

expressaobrasiliense

Read Previous

Uso da placa do Mercosul foi adiada para 2020

Read Next

Movimentos promoveram atos em defesa de Moro e a Lava Jato no domingo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.