• 25 de julho de 2021

TRAGÉDIA EM SANTA CATARINA | Jovem invade creche e mata professora, agente educativa e três crianças

Um jovem de 18 anos invadiu uma creche do bairro Industrial em Saudades, cidade no oeste de Santa Catarina, e matou uma professora, uma agente educativa e três crianças com um facão, na manhã desta terça-feira (4).

Veja também

EXAME TOXICOLÓGICO | Contran prorroga prazo para motoristas das categorias C, D e E apresentarem o teste

A informação do ataque foi confirmada pela Polícia Militar de Chapecó e pela Secretaria Municipal de Educação do município.

O ataque ocorreu na Escola Infantil e Berçário Pró-Infância Aquarela que atende alunos de seis meses a dois anos de idade.

Leia também  CONTRA A PEC 32/2020 | Servidores prometem “guerra” a reforma administrativa do governo Bolsonaro

As crianças, duas meninas e um menino, completariam dois anos no segundo semestre deste ano, informou  a secretária de educação da cidade, Gisela Hermann. Elas foram identificadas como Ana Bela, Sara Luisa e Murilo.

Gisela relata que, logo que soube da notícia, foi uma das primeiras pessoas a chegarem no local.

“Muito sangue. É uma cena de terror, de horror… fiquei muito abalada”, afirmou a secretária.

Leia também  APOSTAS ATÉ 19H | Mega-Sena pode pagar R$ 1,8 milhão

Segundo os bombeiros, a professora morreu no local e a agente chegou a ser levada ao Hospital Regional do Oeste, de Chapecó, em estado grave, mas não resistiu.

O autor do ataque tentou suicídio, ficou gravemente ferido e foi conduzido ao município de Pinhalzinho, a 11 km do município de Saudades. O jovem recebe atendimento sob escolta policial.

Repercussão

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, usou as redes sociais para lamentar o ataque.

Leia também  A PARTIR DE MAIO | Petrobras anuncia reajuste do gás natural de 39%

“Devastadora a notícia da chacina registrada no município de Saudades vitimando crianças e professores de uma creche na manhã desta terça-feira. Minha solidariedade às famílias, à comunidade escolar e a todos os moradores da acolhedora cidade do nosso Oeste” escreveu Moisés.

“É uma tragédia”, disse o comandante do 2º BPM de Chapecó, major Ademir Barcarollo.

(R7)

Foto: Divulgação/Imprensa do Povo

expressaobrasiliense

Read Previous

AGÊNCIAS DO TRABALHADOR | Confira as 305 oportunidades de emprego desta terça (4)

Read Next

OPERAÇÃO RECALL | Acionada pela diretoria do Detran-DF, PCDF prende servidores por fraudes em contrato de manutenção de viaturas