Dia turbulento em Brasília com reajuste de ministros do STF e anúncio de medidas impopulares

Será mesmo que os políticos levaram a sério o recado das urnas nas eleições deste ano? Pelo visto, a resposta é não. Os senadores mostraram a sua verdadeira face e decepcionaram a nação mais uma vez. E o novo governo, que mal começou, já dá sinais que pode ser mais do mesmo.

Com um placar de 41 votos favoráveis à 16 contrários, os senadores aprovaram nesta quarta-feira (07) o reajuste salarial de 16,38% dos ministros do STF e, por efeito cascata, do titular da PGR. Já o futuro presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) anunciou que irá extinguir o Ministério do Trabalho em seu governo e que terá uma ministra da Agricultura ligada à bancada ruralista no Congresso, não parece um bom começo.

As várias medidas evidenciam que a política brasileira está longe de mudar conforme o anseio dos cidadãos. Aumentar o salário dos senhores ministros e anunciar que a pasta do Trabalho não está entre as prioridades e que quem paga os salários no campo é quem decidirá as regras do jogo confirma que, passado o período eleitoral, tudo volta a ser como Dantes no quartel de Abrantes. Tomara, que acordemos enquanto é tempo.

Serão longos quatros anos pela frente que tanto podemos nos surpreender e ter avanços concretos, como nos decepcionar de uma vez por todas com a classe política. Oxalá, tudo o que foi descrito acima não passe de devaneios. Mas, que estamos pisando em campo minado, isso todos nós sabemos. Já estamos calejados.

Da Redação

Foto: Google Imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s