Bolsonaro é ridicularizado em programa de rádio

Bolsonaro é ridicularizado em programa de rádio

Ao ligar o rádio, por volta das 12h30, nesta segunda-feira (18), a frequência que estava na memória era a da Jovem Pan – 106,3 FM, programa Pânico. Confesso que a estação e o programa Pânico não são os meus favoritos, mas quando percebi que o deputado federal, Jair Bolsonaro (PSC) era o entrevistado de hoje, me ative por alguns minutos para ouvir as tão faladas propostas do nobre capitão da reserva do Exército e pré-candidato a presidente da República.

Sinceramente, eu só confirmei o que já havia visto em um programa de entrevista do SBT. Bolsonaro não intelecto para ser presidente. Com ideias lunáticas e sem objetividade. Me perguntei: será se esse cara vai conseguir se eleger? E eu mesmo respondi: Não pode ser. Convenhamos que o Brasil ainda está passando por um momento de reflexão e também de decepção com a política, mas eleger um cara que não sabe se expressar, que faz chacota com os pobres, que não sabe nada de economia e, muito menos, de saúde, é para deixar qualquer um desconfiado.

Perguntaram o que ele ia fazer para resolver o problema da saúde e ele disse: não sei. Aí vão me dizer que estou sendo exigente demais e blá blá blá. Pensei com meus botões que se o Lula (aí falo sem paixão política nenhuma) estivesse em condições de se candidatar, ele iria ganhar. O ex-presidente Lula é bom na oratória e coloca esse senhor no bolso, que é o lugar dele de verdade. Mas, vamos acreditar que ainda há uma luz no fim do túnel e até outubro as coisas tomem outro rumo e os eleitores percebam que Bolsonaro é um farsante e um louco. Os integrantes do Pânico mais riam com as presepadas ditas por Bolsonaro do que com as gracinhas que eles costumam fazer.

Aí fica a pergunta: em quem vamos votar para presidente?

Copa do Mundo da Rússia aumenta o silêncio em torno das alianças

Quem é do metiê político do DF sabe que o período da Copa do Mundo serve para construir e fechar alianças importantes para as eleições. Nessa época, a população volta as suas atenções para a competição esportiva e aí é que eles aproveitam para fazer reuniões e reuniões. As especulações vão tomando de conta dos blogs, sites e jornais. Muito se fala sobre composições que estão sendo desfeitas ou estão sendo construídas. Como na política podemos esperar um pouco de tudo, realmente, é possível que aconteçam rompimentos inesperados e outros já previstos.

Oxalá, tanto mistério e tanta fofoca ocasionem em alianças que façam o nosso DF voltar a crescer e ser referência em alguns setores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s