Incertezas no PSDB e PDT mexem com o cenário eleitoral no DF

A segunda-feira (21) foi agitada para os políticos de Brasília. O PSDB/DF, presidido pelo pré-candidato ao governo, deputado Izalci Lucas, vai ter que correr contra o tempo para garantir a legenda para o parlamentar. O juiz Caio Brucoli, da 17ª Vara Cível do TJDFT, deferiu uma liminar suspendendo as eleições do diretório regional marcadas para o dia 1º de junho. Já o PDT anunciou que o atual presidente da CLDF, deputado Joe Valle, integrante da agremiação partidária, não irá mais concorrer ao comando do GDF e que é pré-candidato ao Senado.

A liminar contra o diretório regional do PSDB é mais uma tentativa do grupo que está alinhado com o governador Rollemberg (PSB) de tirar o comando do partido das mãos de Izalci. Já não é de hoje que surgem conversas e especulações que o tucano brasiliense vai perder a direção do partido. Durante o seminário promovido pela Associação Brasiliense dos Blogueiros de Política (ABBP), no auditório da OAB/DF, ontem à noite, o parlamentar disse ao Expressão Brasiliense que essa situação já estava resolvida e que vai seguir tocando o barco.

Izalci alega que esse grupo, que denominou de “vendilhões”, quer impedi-lo de realizar um projeto sério e inovador para o DF. Segundo a nota emitida pelo PSDB/DF e assinada pelo deputado “eles sabem perfeitamente que temos hoje o grupo mais preparado para resgatar o Distrito Federal do abandono e do descaso. Eles sabem que a população sabe quem somos nós e o tanto que podemos e queremos fazer pela nossa capital. Por isso o desespero. Por isso o medo”.

A nota ainda ressalta que a Executiva Nacional do PSDB “está atenta e tomará todas as medidas judiciais e estatutárias pertinentes”. E finaliza destacando que “não haverá nenhum prejuízo com relação às pré-candidaturas majoritária e proporcionais já definidas”.

O PSDB deverá ter um presidente regional até o dia 15 de agosto conforme determina a legislação eleitoral para efetivar o registro das chapas que irá concorrer em outubro.

Já o PDT, depois da grande festa que realizou para anunciar o atual presidente da CLDF, deputado Joe Valle, como pré-candidato a governador do DF, com a presença do candidato a presidente da República, Ciro Gomes, anunciou que o parlamentar estava se retirando da disputa e que irá concorrer a uma das duas vagas ao Senado neste ano.

A saída da disputa por parte de Joe Valle já era tida como certa. O distrital disse faz alguns dias que iria se retirar da política. Muitos atribuem essa atitude de Joe como jogo de cena para garantir um lugar na janela e se cacifar para disputar, no mínimo, a deputado federal. Entretanto, Joe Valle está preso as decisões do PDT. Há conversas de que o PSB de Rollemberg está tentando convencer o partido a formar uma aliança com eles.

Enfim, como sempre falamos por aqui: tem muita água para passar debaixo da ponte até agosto. Vamos acompanhar e seguir com a lupa do Expressão Brasiliense.

Da Redação

Foto: Divulgação/Metrópoles

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s