• 26 de junho de 2019

Dirigentes de cooperativas habitacionais sob a mira da PCDF

A indicação do ex-distrital e policial civil, Wellington Luiz para comandar a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab) não foi por acaso. Segundo fontes da Companhia, está em curso na empresa uma investigação com o apoio da Polícia Civil para apurar irregularidades praticadas pelos dirigentes de entidades habitacionais. Somente servidores da confiança do presidente têm conhecimento da operação.

Antes de assumir o governo, Ibaneis Rocha (MDB) anunciou que as associações e cooperativas habitacionais não seriam atendidas em seu governo. Com a chegada de Wellington à Codhab, dirigentes do movimento habitacional buscaram se aproximar do ex-distrital visando uma abertura na instituição para continuar com os programas destinados às entidades. Até o momento, o GDF somente tem dado prosseguimento aos projetos iniciados na gestão anterior quando até invasões, batizadas de acampamento, eram permitidas.

O governo Ibaneis vem combatendo as invasões e grilagem de terra no DF. Em breve, o foco deverá ser a “Máfia das Cooperativas Habitacionais”. As denúncias de cobranças abusivas das entidades já não são de agora. Pelo visto, muito dirigente vai trocar as caminhonetes e carros importados pelo camburão. O atual governo não vai ceder e nem se deixar levar pelos falsos apoios. Portanto, quem tiver as suas falhas, que peça maleme. 

Da Redação

Foto: Google Imagens

expressaobrasiliense

Read Previous

UPA do Núcleo Bandeirante será reformada

Read Next

Resgate da cultura sertaneja no Distrito Federal é transmitido pelas ondas do rádio

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.