• 13 de junho de 2024

CAFÉ EXPRESSÃO | Ao falar da decisão de Moraes sobre Ibaneis, Izalci diz que “não tem sentido que uma canetada afaste um governador que ganhou no 1º turno”

Considerado um dos parlamentares mais atuantes do Congresso Nacional, o senador Izalci Lucas, do PSDB-DF, foi o entrevistado do Café Expressão, do dia 2 de março. Ao ser indagado sobre a decisão do ministro do STF, Alexandre de Moraes, que afastou o governador Ibaneis Rocha do cargo em meio a confusão dos atos que ocorreram no dia 8 de janeiro deste ano, o parlamentar defendeu o retorno do emedebista.

“Eu tive a oportunidade de reunir a bancada e inclusive soltamos uma nota no sentido de reivindicar que o Supremo tenha uma atenção especial quanto a isso. Não tem sentido que uma canetada afaste um governador que ganhou no 1º turno. Eu acho que ele tem que voltar”, afirmou o senador.

A declaração de Izalci é bem emblemática, já que ele enfrentou Ibaneis Rocha nas urnas e foi um dos derrotados nas eleições de 2022 na disputa ao governo do DF. Contudo, a postura do senador, que não é próximo do emedebista, reforça a tese de que o afastamento de Ibaneis tem afetado a capital federal de forma geral.

O senador reitera que as investigações realizadas têm apontado que Ibaneis não teve envolvimento com os atos e que ele foi mal informado por seus auxiliares. 

Foto do senador Izalci no Café Expressão
“Na prática o governador não fica analisando plano de segurança. Ele confia nos órgãos e nas instituições que cuidam disso. E ele foi informado o tempo todo que estava tudo sob controle e todas as determinações que ele deu foram no sentido que fosse liberada toda a tropa. Houve um problema com o pessoal que comanda a tropa porque na hora, cadê o pessoal? Então, já tem mais que elementos que poderiam liberá-lo (do afastamento)”, destacou Izalci.

Defender o DF na CPMI

Quanto à criação da CPMI do Congresso que vai investigar os atos do dia 8 de janeiro, Izalci, que está na lista dos senadores que assinaram o requerimento, disse que ele vai integrar a comissão e que estará pronto para defender o DF. 

“O DF sozinho não pode pagar por isso. A Abin informou todo mundo. O BGP é exatamente para cuidar do Palácio (do Planalto). A Polícia Legislativa foi alertada. O que a gente não vê muito é uma discussão para saber o porquê que o governo federal não assumiu ou não buscou uma solução”, observou o parlamentar.

foto do senador Izalci no café Expressão

Izalci Lucas falou também sobre sua atuação no Congresso Nacional em defesa da educação, ciência, tecnologia e inovação, que são suas principais bandeiras políticas. 

Ainda durante a entrevista, o senador teceu críticas ao governo Lula, comentou sobre o futuro político do PSDB e lamentou a falta de interesse por parte do cidadão em relação à política. 

“Eu acho horrível essa história da pessoa querer vender o voto nas eleições em troca de alguma coisa. Nós temos que mudar isso”, finalizou Izalci.

Assista abaixo a íntegra da participação do senador Izalci Lucas no Café Expressão:

https://youtube.com/live/vhGg7mnOfyM

Foto: Jefferson Eduardo/Hoogli

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais.

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook. 

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

DF CULTURAL | Jorge Aragão é destaque do evento neste sábado (4) no Plano Piloto

Read Next

O FINO DA POLÍTICA | Bancada do DF no Congresso ainda sem coordenação