• 6 de dezembro de 2021

APÓS GESTÃO DESASTROSA | Filippelli comemora reajuste de servidores do GDF

O ex-vice-governador do DF, Tadeu Filippelli, resolveu na sexta-feira (15) tirar uma casquinha do pagamento da terceira e última parcela do reajuste concedido aos servidores do GDF ainda em 2013, quando ele estava no Buriti juntamente com Agnelo Queiroz, do PT.

No vídeo, feito para parabenizar os professores pelo seu dia, ocorrido na última sexta, Filippelli comenta que o caso foi parar no judiciário, mas se esqueceu de explicar que o governo que sucedeu à gestão do petista Agnelo alegou na época que não podia pagar a última parcela por não ter dinheiro em caixa.

Para quem não se lembra, o governo do PT, sob a batuta de Agnelo/Filippelli, se preocupou em investir o dinheiro do contribuinte do DF na construção faraônica do Estádio Nacional de Mané Garrincha, que custou quase R$ 2 bilhões e não deixou um real sequer, para pagar a terceira parcela que ele hoje bate no peito para comemorar.

Vale registrar que esse alto investimento do governo Agnelo levantou tantas suspeitas que o governo petista parar nas páginas policiais com a Operação Panatenaico da Polícia Federal.

As investigações apontaram  superfaturamento na construção do Mané Garrincha. O orçamento inicial da “reforma” era de R$ 600 milhões e no final chegou a quase R$ 2 bilhões. 

Portanto, se tem alguém que não pode reivindicar a paternidade quanto ao pagamento da terceira parcela do aumento aos servidores, esse se chama o desastroso governo petista e muito menos o governo socialista de Rodrigo Rollemberg.

Foto: Reprodução/Instagram

Leia também  ATÉ TU MARQUITO | Juiz determina a quebra do sigilo bancário de assistente de palco de Ratinho por suspeita de “rachadinha” na Câmara de São Paulo

Expressão Brasiliense

Read Previous

ÚLTIMOS DIAS | Governo de Goiás encerra inscrições para 5 mil vagas do CNH Social na segunda (18)

Read Next

O FINO DA POLÍTICA | Oposição continua sem candidato ao GDF