• 23 de maio de 2022

APÓS DISTRIBUIR VACINAS | Bolsonaro perde apoio de aliados com início da vacinação no País

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) perdeu popularidade nas redes após a aprovação do uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca no último domingo (17). Esses números devem cair ainda mais já que o governo federal está enviado a vacina produzida pelo inimigo declarado do presidente, o governador de SP, João Doria.

Veja também

ELEIÇÃO NA CÂMARA | Maia confirma que deputados deverão votar presencialmente no dia 1º de fevereiro

No último fim de semana, Bolsonaro teve a pior pontuação de janeiro no ranking Índice de Popularidade Digital (IPD), realizado pela consultoria Quaest. A métrica avalia o desempenho de políticos brasileiros nas plataformas Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, Wikipedia e Google.

Leia também  ALIMENTAÇÃO PESOU NO ORÇAMENTO | Inflação para família com renda mais baixa sobe para 0,89% em setembro

O índice considera uma escala de 0 a 100, sendo que o maior número representa o máximo de popularidade. Bolsonaro conseguiu perder só no mês de janeiro 20 pontos.

Em contrapartida, o governador do São Paulo, João Doria (PSDB), ganhou 18,7 pontos só entre sábado (16) e domingo (17), quando apareceu ao lado da enfermeira Monica Calazans, enfermeira negra que foi a primeira vacinada contra a Covid-19 no Brasil.

Leia também  Ibaneis e Rollemberg disputam 2º turno para o governo do DF

Mesmo com a queda, Bolsonaro segue sendo o primeiro entre os nove nomes que devem influenciar as eleições de 2022, segundo o índice.

Foto: Reprodução Google Imagens

Expressão Brasiliense

Read Previous

ÚNICO GOVERNADOR MÉDICO | Caiado aplicou a primeira dose da vacina contra covid em Goiás

Read Next

ATENÇÃO, CONTRIBUINTES | Boletos do IPVA começaram a ser enviados