• 16 de maio de 2021

APOIO AO PRESIDENTE | Bolsonaristas pedem intervenção militar em manifestações neste sábado (1º)

Os primeiros atos do 1º de Maio, Dia do Trabalho, reuniram críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) por parte dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, e manifestações em redes sociais de políticos contrários à gestão do governo federal frente à pandemia do novo coronavírus.

Veja também

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA | CLDF disponibiliza ferramenta para consulta de leis por tema

Na Avenida Paulista, em São Paulo, apoiadores do presidente se aglomeraram nesta manhã para o ato ‘Supremo é o povo’, com críticas ao STF, ao governador João Doria (PSDB) e ao fechamento do comércio e outros setores durante as fases mais restritivas da pandemia. Muitos manifestantes estavam sem máscara e o distanciamento social não foi respeitado.

Leia também  CLIMA SECO NO DF | Defesa Civil volta a emitir sinal de alerta para a baixa umidade e temperaturas elevadas

Em Brasília, centenas de manifestantes bolsonaristas se reuniram no gramado em frente ao Congresso Nacional com faixas pedindo intervenção militar.

O público presente grita “Bolsonaro, eu autorizo”, em referência a uma fala do presidente do dia 14 de abril, em que disse que esperava “um sinal do povo” para agir.

Entre os grupos de extrema direita, a fala do presidente foi interpretada como um pedido de autorização para endurecer a relação com os demais Poderes.

Em vídeo publicado hoje pelo canal “Cafezinho com Pimenta” no Youtube, os manifestantes na Esplanada carregam faixas com as frases: “Intervenção militar com Bolsonaro no poder” e “Presidente Bolsonaro acione as Forças Armadas (FFAA)”.

Leia também  Câmara Legislativa concede título de cidadã honorária para a contadora de história Nyedja Gennari

No Rio, a manifestação de apoiadores do governo federal interrompeu na manhã o trânsito na orla de Copacabana, zona sul da cidade.

Simpatizantes do presidente se aglomeraram na Avenida Atlântica, à beira da praia, uma das principais vias do bairro, carregando bandeiras do Brasil e faixas de protesto contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Os manifestantes executaram o hino nacional e gritavam palavras em apoio a Bolsonaro.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, a Avenida Atlântica foi interditada nos dois sentidos na altura da Rua Figueiredo de Magalhães, no posto 5. O protesto provocou congestionamento no bairro.

Leia também  Rachel Sheherazade processa Alexandre Frota após ser comparada a prostituta

Mais cedo, o presidente Bolsonaro aproveitou o tradicional discurso de abertura da feira ExpoZebu 2021 para criticar de forma velada partidos de esquerda e centrais sindicais.

“Em anos anteriores, no dia 1º de maio, o que mais víamos no Brasil eram camisas e bandeiras vermelhas, como se fôssemos um país socialista. Hoje temos prazer e satisfação de vermos bandeiras verde e amarelas, com homens e mulheres que trabalham de verdade e sabem que o bem maior que podemos ter na nossa pátria é a liberdade”, afirmou.

(Agência Estadão Conteúdo)

Foto: Divulgação/Ag. Estadão Conteúdo

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

PAULO HENRIQUE COSTA | Presidente do BRB faz balanço de sua gestão e projeta futuro promissor para o banco

Read Next

CUIDADO, MUITO CUIDADO! | Nova música de Eduardo Costa crítica políticos e quem vende voto