• 18 de julho de 2024

PAGAMENTO DIGITAL | Usuários do transporte público do DF poderão usar cartão de crédito ou débito para pagar passagens de ônibus

As passagens de ônibus do Distrito Federal poderão ser pagas diretamente nos validadores com cartão de débito ou crédito, e as recargas dos cartões de transporte poderão ser adquiridas por meio de cartão de débito ou Pix. O BRB Mobilidade e as concessionárias do Sistema de Transporte Público Coletivo (SPTC) implantarão, em até 90 dias, a Rede Complementar de Pagamento Digital (RCPD).

A medida é prevista na Portaria 118/2023 da Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob). O novo sistema é para facilitar o pagamento por parte dos usuários e reduzir a circulação de dinheiro nos veículos. Além de diversificar as formas de pagamento de tarifas, o novo modelo vai contribuir para aumentar a segurança nos ônibus.

O sistema a ser implantado nos ônibus é semelhante ao que vem sendo utilizado no Metrô-DF desde setembro de 2022. Para que o mecanismo funcione nos coletivos, as concessionárias do transporte público deverão implementar os novos equipamentos validadores nos veículos.

Os usuários dos coletivos precisam ficar atentos na hora de escolher a forma de pagamento. O uso do cartão bancário não permite os transbordos sem a cobrança de nova tarifa. “A integração só é possível com o uso dos cartões Vale-Transporte e Mobilidade, mas os usuários desses cartões terão a facilidade de pagar a recarga por Pix ou cartão de débito”, explicou o superintendente de mobilidade do BRB, Saulo Nacif.

O superintendente ressaltou que o passageiro deverá ficar atento para não aproximar o cartão de transporte junto ao cartão de débito ou de crédito. “Se isso ocorrer, pode acontecer de a cobrança ser realizada no cartão bancário”, explicou.

O novo sistema faz parte de um conjunto de medidas da Semob para facilitar a vida dos usuários e aumentar a segurança no Sistema de Bilhetagem Automática. De acordo com o secretário de Transporte e Mobilidade, Flávio Murilo Prates, a Semob vem trabalhando para modernizar os equipamentos utilizados pelo transporte público do DF.

“É importante que possamos implantar um sistema que possibilite o controle operacional das linhas e horários dos ônibus e crie também as facilidades para o usuário pagar a passagem com diversos meios ou mesmo para adquirir créditos para viagens futuras. Isso aumenta a segurança do sistema e do próprio usuário”, afirmou o secretário.

(Agência Brasília)

Foto: Divulgação/Semob-DF

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais.

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook. 

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

DEU RUIM PARA DANIEL SILVEIRA | STF forma maioria para anular indulto concedido por Bolsonaro ao ex-deputado

Read Next

NOTA LEGAL | Sefaz-DF divulga que mais de um milhão de contribuintes estão habilitados para o sorteio do programa