QUEIMADAS NO CERRADO | Incêndio atinge a Chapada dos Veadeiros

Um incêndio atinge o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso de Goiás, há uma semana. Segundo o Corpo de Bombeiros, mais de seis mil hectares já foram destruídos pelo fogo.

A corporação não descarta que o incêndio seja criminoso e informou que a Delegacia Estadual do Meio Ambiente foi acionada para investigar as causas e achar os possíveis incendiários.

Foi montada uma força-tarefa para combater o incêndio. No sábado (28), 90 profissionais atuaram no local, entre brigadistas do o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Ibama, dos Militares do Corpo de Bombeiros de Goiás, e voluntários apoiados pela Rede Contra Fogo.

Em nota, ICMBio informou que a “Operação Alto Paraíso” segue segue em seu sétimo dia de combate aos incêndios no parque, na região do Sertão Zen, extinto nesta sexta, e outro que segue queimando na Serra da Boa Vista/Rio dos Couros, fora do Parque Nacional.

Ainda segundo ICMBio, o fogo atingiu, “até o momento, aproximadamente 3.000 hectares no interior do parque e mais 3.500 hectares no entorno. O parque possui uma área de 240.586,56 hectares”.

Dois helicópteros são usados no deslocamento de tropas, além de quatro aviões tanques do ICMBio para lançamento de água e 18 viaturas terrestres. Um helicóptero do IBAMA também foi acionado para monitoramento, transporte de tropa e logística, iniciando os trabalhos neste domingo.

“Estamos aqui empenhados no controle deste incêndio, combatendo ele com apoio de aeronaves, militares por terra, utilizando todos os equipamentos possíveis disponíveis para contornar a situação”, informou o capitão do Corpo de Bombeiros, Ivan Marangon.

Ainda segundo o militar, existe uma grande linda fogo perto do Rio dos Couros, de aproximadamente oito quilômetros e surgiram dois novos focos de incêndio.

Mesmo com a recente chuva na região, o fogo permanece em algumas áreas do parque.

“A chuva foi parcial não alcançou a área onde ainda tem a linha de fogo. Em outra área do parque, onde havia o incêndio, choveu e o fogo foi controlado. Do outro lado, mesmo com os esforços, a parte da linha de fogo se abriu em duas frentes, que estamos combatendo”, comentou o capitão.

O difícil acesso ao local dos focos de incêndio é outro problema enfrentado pelos combatentes.

“As dificuldades se espalham pelos terrenos bem irregulares com pedregulhos que dificultam o acesso por terra e aí o empenho da aeronave para transportar os militares e brigadistas”, afirmou Ivan Marangon.

O impacto ambiental provocado pela queimada ainda será avaliado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, fogo consome o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso de Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Segundo o Corpo de Bombeiros, fogo consome o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso de Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Patrimônio

O parque tem 240 mil hectares e é apenas uma parte da região da Chapada dos Veadeiros, que é considerada Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Estão em regiões próximas ou dentro da Chapada dos Veadeiros três aquíferos: o Guarani, o Urucuia e o Bambuí.

O Cerrado é um dos ambientes mais antigos do planeta, com mais de 2 bilhões de anos. É segundo o bioma de maior formação vegetal da América do Sul, perdendo apenas para a Amazônia. No Cerrado estão 62% das cavernas brasileiras (cerca de 4 mil), que ajudam a água da chuva a ir para o lençol freático, além de ser o berço de uma das maiores biodiversidades do mundo.

(G1 Goiás)

expressaobrasiliense

Read Previous

TECNOLOGIA | Quase metade do planeta ainda não tem acesso à internet

Read Next

DOMINGO VIOLENTO | DF registra cinco assassinatos em menos de 24 horas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.