• 24 de fevereiro de 2024

NO FUNDO DO MAR DE BALI | Submarino indonésio é encontrado após ter desaparecido na quarta (21)

Um submarino indonésio que estava desaparecido foi encontrado naufragado e dividido em pelo menos três partes no fundo do mar de Bali, disseram oficiais do exército e da marinha neste domingo, enquanto o presidente enviava condolências aos parentes dos 53 tripulantes.

Veja também

DESCUMPRIU ACORDOS | Senadores dos EUA pede a Biden para não dar dinheiro para Bolsonaro

As equipes de resgate também encontraram novos objetos, incluindo um colete salva-vidas, que eles acreditam pertencer ao KRI Nanggala-402, submarino de 44 anos que perdeu o contato com o radar na quarta-feira enquanto se preparava para conduzir um exercício de torpedo.

“Com base nas evidências, pode-se afirmar que o KRI Nanggala afundou e todos os seus tripulantes morreram”, disse o líder militar Marechal Hadi Tjahjanto aos repórteres.

O chefe do Estado-Maior da Marinha, Yudo Margono, disse que a tripulação não tinha culpa pelo acidente, afirmou que o submarino não sofreu um blecaute e culpou as “forças da natureza”.

“O KRI Nanggala é dividido em três partes, o casco do navio, a popa e as partes principais, que estão todas separadas, com a parte principal tendo sido encontrada rachada”, disse ele.

“Existem partes espalhadas do submarino e seu interior na água.”

O presidente Joko Widodo havia confirmado mais cedo a descoberta dos destroços no mar de Bali e enviou às famílias das vítimas suas condolências.

“Todos nós, indonésios, expressamos nossa profunda tristeza por essa tragédia, especialmente às famílias da tripulação do submarino.”

Uma varredura no sábado detectou o submarino a 850 metros, muito além da área de mergulho do Nanggala.

(Ag. Reuters)

Foto: Divulgação/Ag. Reuters

Expressão Brasiliense

Read Previous

301 OPORTUNIDADES | Confira as vagas de emprego oferecidas pelas agências do trabalhador na segunda-feira (26)

Read Next

CPIDA DA COVID | Casa Civil pede informações a outros ministérios sobre prováveis acusações contra o governo